Três seleções da CONMEBOL e uma da CONCACAF partem às semifinais

A primeira semifinal da Copa América Centenário prevê um enfrentamento entre seleções da CONMEBOL e da CONCACAF. No NRG Stadium, em Houston, Texas, na terça-feira (21) buscarão o passe à grande final as seleções da Argentina e dos Estados Unidos. A Albiceleste de Messi, Higuain, Mascherano e companhia enfrentarão o anfitrião guiado pelo "cowboy" Clint Dempsey. 

 Os sul-americanos partem como favoritos, depois de vencer os quatro jogos até agora. Argentina derrotou sucessivamente Chile 2-1, Panamá 5-0, Bolívia 3-0 e Venezuela por 4-1, com capacidade goleadora impressionante. A seleção norte-americana, entretanto, surpreendeu ao vencer o Grupo A. Depois de perder o primeiro jogo contra a Colômbia 0-2, encadeou vitórias sobre a Costa Rica por 4-0 e Paraguai 1-0. 

Já em quartas conquista uma vitória sobre o Equador por 2-1, que catapultou o jogo onde vai procurar avançar pela primeira vez na sua história a final da Copa América. A outra semifinal verá a briga entre dois combinados da CONMEBOL. O atual campeão da Copa América, Chile, buscará chegar a sua segunda final consecutiva (em 2015 venceu nos pênaltis a Argentina). 

Seu rival será a seleção da Colômbia, que se apresenta com James Rodríguez como porta-estandarte. 'Los Rojos' chegam com sua temível trilogia de goleadores: Alexis Sánchez, Arturo Vidal e o atual goleador da Copa América, Eduardo Vargas, que desembarcam à instância semifinal após passear no sábado sobre o México (7-0) em Santa Clara. 

 A partida entre chilenos e colombianos será quarta-feira (22) no Soldier Stadium de Chicago. CONMEBOL.com
Resultado de imagem para conmebol

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"