Pular para o conteúdo principal

Três seleções da CONMEBOL e uma da CONCACAF partem às semifinais

A primeira semifinal da Copa América Centenário prevê um enfrentamento entre seleções da CONMEBOL e da CONCACAF. No NRG Stadium, em Houston, Texas, na terça-feira (21) buscarão o passe à grande final as seleções da Argentina e dos Estados Unidos. A Albiceleste de Messi, Higuain, Mascherano e companhia enfrentarão o anfitrião guiado pelo "cowboy" Clint Dempsey. 

 Os sul-americanos partem como favoritos, depois de vencer os quatro jogos até agora. Argentina derrotou sucessivamente Chile 2-1, Panamá 5-0, Bolívia 3-0 e Venezuela por 4-1, com capacidade goleadora impressionante. A seleção norte-americana, entretanto, surpreendeu ao vencer o Grupo A. Depois de perder o primeiro jogo contra a Colômbia 0-2, encadeou vitórias sobre a Costa Rica por 4-0 e Paraguai 1-0. 

Já em quartas conquista uma vitória sobre o Equador por 2-1, que catapultou o jogo onde vai procurar avançar pela primeira vez na sua história a final da Copa América. A outra semifinal verá a briga entre dois combinados da CONMEBOL. O atual campeão da Copa América, Chile, buscará chegar a sua segunda final consecutiva (em 2015 venceu nos pênaltis a Argentina). 

Seu rival será a seleção da Colômbia, que se apresenta com James Rodríguez como porta-estandarte. 'Los Rojos' chegam com sua temível trilogia de goleadores: Alexis Sánchez, Arturo Vidal e o atual goleador da Copa América, Eduardo Vargas, que desembarcam à instância semifinal após passear no sábado sobre o México (7-0) em Santa Clara. 

 A partida entre chilenos e colombianos será quarta-feira (22) no Soldier Stadium de Chicago. CONMEBOL.com
Resultado de imagem para conmebol

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.