Pular para o conteúdo principal

Sport goleia e deixa a zona de rebaixamento

O Sport Pe surpreendeu todos nós que acompanhamos a rodada de número 11 da edição 2016 do brasileirão Série A ao golear a competitiva equipe da Chapecoense Sc.



FICHA TÉCNICA 
SPORT 5 X 1 CHAPECOENSE 

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE) 
Data e hora: 26/6/2016 - 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) 
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaum (PR) 
Renda e público: 8.743 pagantes / R$ 125.290,00. 
Cartões amarelos: Rodrigo Mancha, Gabriel Xavier e Ronaldo (SPT); Silvinho e Lucas Gomes (CHA) 

Resultado de imagem para ´futebol
Gols: Rodney, aos 10'/1ºT (1-0); Ananias, aos 50''/2ºT (1-1); Rithely, aos 8'/2ºT (2-1); Rodney, aos 13'/2ºT (3-1); Diego Souza, aos 18'/2ºT (4-1) e Ronaldo, aos 32'/2ºT (5-1) 

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney; Rodrigo Mancha (Ronaldo - 31'/2ºT), Rithely e Gabriel Xavier; Clayton (Rogério - 41'/2ºT), Everton Felipe e Edmílson (Rogério - 26'/2ºT). Técnico:Oswaldo de Oliveira 

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Cláudio Winck; Josimar, Cleber Santana e Rafael Bastos (Arthur Maia - 19'/2ºT); Silvinho (Nenén - 35'/2ºT), Lucas Gomes (Ananias - Intervalo) e Bruno Rangel.Técnico: Emerson Cris 

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.