ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Seleção FI vem com carrascos da Ponte, 'menino de ouro', Jesus e atacante do Brasil

Campinas, SP, 23 (AFI) - Um time com Jesus, 'menino de ouro', além de um jogador que representou o Brasil na Copa América, não é para qualquer um. Coube a Seleção do Futebol Interior da décima rodada do Campeonato Brasileiro juntar o trio que vem 'causando' no torneio. Gabriel Jesus e Róger Guedes são os principais astros do líder Palmeiras, enquanto Gabigol continua sendo o mesmo 'matador' santista. Uma das equipes mais fortes já montadas, a Seleção FI ainda tem 'carrascos' da Ponte Preta - Mayke e Arrascaeta -, e o 'paredão' Muralha, que só não fez chover na vitória do Flamengo diante do Santa Cruz. A equipe é a mais ofensiva possível, com Marcos Júnior e Cazares completando o setor de meio de campo, e Diego Renan improvisado na esquerda. O técnico escolhido 'apagou' a ascensão de Cuca. Trata-se de Paulo Bento. O português ainda tem o trabalho contestado, mas mostrou um Cruzeiro diferente, tanto que goleou a Ponte Preta na rodada. 
  Confira a Seleção FI da décima rodada do Brasileirão: 

Alex Muralha (Flamengo); Mayke (Cruzeiro), Maicon (São Paulo), Paulo André (Atlético-PR) e Diego Renan (Vitória); Cazares (Atlético-MG), Arrascaeta (Cruzeiro) e Marcos Júnior (Fluminense); Róger Guedes (Palmeiras) Gabriel (Santos) e Gabriel Jesus (Palmeiras) Técnico - Paulo Bento (Cruzeiro)

 na vitória do Fla contra Santa Cruz 
Goleiro: Alex Muralha (Flamengo) Sem dúvidas, o goleiro Alex Muralha é o grande responsável pelo Flamengo ter vencido o Santa Cruz, em pleno Estádio do Arruda e entrado no G4 da Série A do Campeonato Brasileiro. O arqueiro fechou o gol, durante toda a partida, por várias vezes ficou cara a cara com Grafite e com os outros atacantes do time da casa, mas não deixou nenhuma bola passar para dentro do gol. Muralha segue mostrando que ganhou a vaga de titular do Mengão e que dificilmente Paulo Vitor volte a usar a camisa 1. Lateral-direito: Mayke (Cruzeiro) Foi uma das surpresas de Paulo Bento diante da Ponte Preta e mostrou que, se não for atrapalhado por conta das lesões, é o dono da lateral-direita. No primeiro tempo, roubou a bola de Clayson e deu cruzamento preciso para Arrascaeta marcar o segundo dos quatro gols cruzeirenses no Majestoso.

 Depois, priorizou a marcação, já que Reinaldo era a principal arma da Macaca. E deu conta do recado. Zagueiro: Maicon (São Paulo) Em um jogo de poucas emoções, o São Paulo voltou a sofrer com a falta de criatividade de seu setor ofensivo, mas na defesa, Maicon comandou a equipe novamente e garantiu, pelo menos, o empate sem gols. Nas poucas vezes que se aventurou ao ataque, ainda chegou a assustar o goleiro adversário com chutes de longa distância. Zagueiro: Paulo André (Atlético-PR) O experiente Paulo André mostrou seu valor novamente na defesa do Atlético-PR. 

Em partida que foi paralisada e teve de ser disputada em duas partes, o defensor teve segurança para assegurar o empate sem gols. Ao lado de Thiago Heleno, vem formando uma dupla de zaga sólida e se tornando um do líderes do elenco do Furacão. Lateral-esquerdo: Diego Renan (Vitória) O lateral Diego Renan caiu como uma luva na formação de Vagner Mancini com cinco defensores para enfrentar o Grêmio. Quando o Vitória reagiu à pressão do Grêmio na metade da segunda etapa para construir o resultado Diego Renan foi a principal arma. Primeiro, o ala tirou a marcação gremista e fez um levantamento primoroso, na cabeça de Kieza para abrir o marcador. Seis minutos depois, Diego Renan foi para a cobrança de pênalti e abriu 2 a 0 para o Leão. Como é ambidestro, o lateral atuará como lateral-esquerdo na Seleção FI. Meia: Cazares (Atlético-MG) O meia Cazares está mesmo caindo nas graças da torcida do Atlético. Mesmo em um elenco repleto de estrela, o equatoriano vem se destacando e foi decisivo mais uma vez nesta rodada. Foi o jogador mais perigoso na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians e ainda ganhou um presente do zagueiro Pedro Henrique para marcar o segundo gol do Galo. Meia: Arrascaeta (Cruzeiro) 

A limitação do elenco cruzeirense é compensada pela qualidade técnica do camisa 10. Jogador mais lúcido do time comandado por Paulo Bento, Arrascaeta marcou dois gols na goleada celeste sobre a Ponte Preta, por 4 a 0, em Campinas, na última quarta-feira. No primeiro, aproveitou cruzamento rasteiro de Mayke e tirou de João Carlos. Depois, mostrou categoria em cobrança de pênalti. Meia: Marcos Júnior (Fluminense) O Fluminense acabou sendo derrotado para o Santos, mas se dependesse do futebol apresentado por Marcos Júnior o resultado seria outro. O meia mostrou muita disposição para tentar dar os três pontos para o Tricolor. Foi dele os dois gols da equipe na partida. Como o futebol tem 11 jogadoreRoger Guedes e Gabriel Jesus estão na Seleção FI Roger Guedes e Gabriel Jesus estão na Seleção FI Atacante: Róger Guedes (Palmeiras)s... 

 Tratado como 'menino de ouro' pela imprensa espanhola, Róger Guedes vem sendo o principal jogador neste bom início do Palmeiras. Precisa tirar o chapéu para Alexandre Mattos por tê-lo tirado do Criciúma. O atacante tem arrebentado e contra o América não foi diferente. Saiu de seus pés as duas jogadas que terminou em gol de Gabriel Jesus. O garoto aplicou um chapéu no primeiro lance, enquanto no segundo colocou a bola, de calcanhar, entre as pernas do defensor. Atacante: Gabriel (Santos) Dunga tinha razão na questão: Gabriel. O atacante do Santos precisa estar entre os convocados para defender a seleção brasileira. No Santos, ele nem quer saber se Ricardo Oliveira e Lucas Lima estão jogando, chama logo a responsabilidade e decide à favor do Peixe. 

Na goleada, por 4 a 2, diante do Fluminense, mostrou toda sua pontaria, com dois belos gols. Atacante: Gabriel Jesus (Palmeiras) Gabriel Jesus estava apagado nos últimos jogos do Palmeiras. Foi só dirigentes do Barcelona aparecerem no estádio que as coisas mudaram. A jovem promessa alviverde foi logo mostrando porque está sendo disputado por grandes clubes europeus. Mostrou várias de suas armas e ainda fez os dois gols na vitória por 2 a 0 contra o América. Segura o garoto. 
 Paulo Bento comanda a seleção FI depois de goleada contra a Ponte Paulo Bento comanda a seleção FI depois de goleada contra a Ponte Técnico: Paulo Bento (Cruzeiro) Sem ser unanimidade no Cruzeiro, Paulo Bento vem sofrendo grande pressão com a sequência de resultados ruins da equipe no Campeonato Brasileiro, que acabou nesta quarta-feira, com a vitória, por 4 a 0, diante da Ponte Preta, em pleno Estádio Moisés Lucarelli. 


O treinador ainda tinha que conviver com a sombra de Mano Menezes. A goleada, porém, mostrou do que o comandante é capaz e criou uma nova expectativa para a Raposa na temporada 2016. Com elenco na mão e reforço como Rafael Sóbis, tudo pode mudar.
Resultado de imagem para futebol interior logo png