Pular para o conteúdo principal

Perdido sem Tite, Corinthians falou até em Milton Cruz e se reúne para definir técnico

O Corinthians deverá definir nesta sexta-feira o nome definitivo de um técnico para substituir Tite. Até agora, desde a saída do agora treinador da seleção brasileira, o clube se encontra perdido. Levou respostas negativas de três treinadores, cogitou alguns outros e vai se reunir para decidir qual estratégia adotar. 

 Entre os vários nomes já conversados pela direção alvinegra internamente, pintou até o do ex-são-paulino Milton Cruz, que era visto como um bom nome por causa da personalidade de boa convivência no vestiário alvinegro, mas o passado de quase duas décadas no time tricolor torna qualquer tipo de negociação bastante difícil. Assim, foi descartado. Diante de todos os profissionais ventilados, há um favorito: o ex-lateral do clube e hoje auxiliar da Inter de Milão, Sylvinho. Ele é um nome com bastante força e tido como um dos prediletos ao cargo, por ser jovem e possuir perfil de trabalho similar ao de Tite. 

Entretanto, ainda tem um ano de contrato com a Inter de Milão, o que por enquanto seria um empecilho. A ideia é agora, com a reunião desta sexta, a cúpula corintiana focar em apenas um treinador, para evitar novas recusas e conseguir bolar um planejamento em longo prazo com o profissional, como ocorreu anteriormente com o próprio Tite. O que já foi definido é apenas que o novo treinador terá o mesmo perfil do ex-técnico alvinegro. Os nomes conversados internamente após as recusas de Eduardo Baptista e Fernando Diniz vão desde o ex-palmeirense Gilson Kleina, por causa do seu perfil de bom relacionamento no vestiário, até o veterano Vanderlei Luxemburgo, que foi oferecido por terceiros. A direção alvinegra não respondeu à oferta. 

 Abel Braga também foi discutido entre a direção alvinegra. No entanto, o Corinthians acredita que o comandante já está fechado com o Flamengo. Já Roger Machado, do Grêmio, disse ter recebido contato de alguém em nome do Corinthians oferecendo o cargo, mas rejeitou. A direção do clube paulista, contudo, negou. 

 Oswaldo de Oliveira foi outro nome cogitado, mas não foi procurado. A direção corintiana não tinha pressa para fechar com um novo comandante, o que ia ocorrer apenas na semana que vem. Mas a derrota contra o Fluminense na noite desta quinta apressou as coisas. 

O Corinthians quer um profissional que tenha ótimo controle sobre o vestiário, atualizado com o futebol moderno e com uma boa força em relação aos jogadores.

Diego Garcia, do ESPN.com.brESPNResultado de imagem para msn

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 já é realidade e as expectativas de medalhas brasileiras são grandes. No nado sincronizado, entretanto, a esperança é de uma quebra de tabu, já que desde que foi incluído no programa olímpico, em Los Angeles 1984, a modalidade nunca viu uma brasileira no pódio. Para que o sonho se torne realidade, a equipe já treinava intensamente no Centro Aquático Maria Lenk, antes mesmo do início da Rio 2016, casa do nado, saltos ornamentais e polo aquático. 

As provas do nado sincronizado começam só no dia 14 de agosto, mas as brasileiras já estão na arena aquática do Rio (as provas de natação acontecerão em outro local) para entrar no clima olímpico e se familiarizar ainda mais com o local. "A gente está "super feliz" por ter vindo mais cedo e já ter começado a sentir o clima dos Jogos. 

Treinávamos aqui, mas agora o clima é diferente. Além de estar mais bonito, brincamos que já tem cheiro de olimpíada. Os países ainda estão começando a chegar. O ambiente …

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)