Pular para o conteúdo principal

VIDEO :Os dois principais perigos da Hungria



Surpresa logo a abrir o Grupo o F, o grupo de Portugal. 

A Hungria derrotou a favorita Áustria, por 2x0, e deu três passos importantíssimos rumo as oitavas de final. 

VIDEO :

Como sempre faço li hoje 21/06 as notícias da Seleção Portuguesa na Euro 2016 , uma reportagem no site português chamado "O Jogo me chamou a atenção , artigo segue abaixo:
Resultado de imagem para o jogo pt logo
"Vítor Gomes jogou na Hungria e faz uma análise ao próximo adversário de Portugal no Europeu. A Hungria é o último obstáculo de Portugal na fase de grupos do Europeu.
 Vítor Gomes, que alinhou em duas temporadas no Videoton, do campeonato húngaro, deixa um aviso à equipa de Fernando Santos: não vai ser tarefa fácil. "Alguns jogadores jogam na Hungria, mas outros jogam fora e têm muita qualidade. Têm um treinador alemão que tem feito excelente trabalho.

 Certamente que a Hungria criará problemas a Portugal", disse Vítor Gomes à Antena 1, elegendo Dzsudzsák (avançado do Bursaspor) e Kleinheisler (médio do Werder Bremen) como os dois principais perigos. 

 "Pelo que Portugal tem feito, com um pouco de sorte, pode vencer a Hungria se concretizar as oportunidades que tem criado", completou Vítor Gomes, que na última época representou o Moreirense.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.