Pular para o conteúdo principal

Messi quer a Copa para acabar com a seca de títulos

A estrela da seleção argentina, Lionel Messi quer ganhar custe o que custar a Copa América Centenário, terminando de uma vez por todas com a seca de 23 anos sem títulos da Argentina e seu estigma de duas finais perdidas em um ano, no Mundial-2014 e em Chile-2015.

"Tomara que dê certo de uma vez", Messi disse após o 4-0 sobre os Estados Unidos, em sua terceira final consecutiva em dois anos.
La Pulga veio de marcar um belo gol de tiro livre que faz dele o goleador histórico da Argentina com 55 gols feitos e completar um grande jogo no estádio NRG de Houston, no Texas. Mas sua cabeça estava em Nova York e não mais em Houston.
26 de junho de 2016 no MetLife Stadium, em East Rutherford é a data e o local que obsessiona o craque argentino e várias figuras de uma geração que até agora viu seus rivais levantando uma taça atrás da outra.
Mas o sensação é bastante diferente. Apenas dois dados: 18 gols em cinco jogos e apenas dois recebidos. A Argentina está forte e cheia de vigor, com poucas fissuras e, especialmente, com uma variedade de opções que a afastam da 'Messi-dependência'.
Assim, o Enano, como é chamado pelo gigante goleiro Sergio Chiquito Romero, se sente mais solto, com o companheiros livres para receber seus passes, cumprindo um papel semelhante ao desempenhado no Barcelona.
Resultado de imagem para conmebol

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.