Pular para o conteúdo principal

Grohe se diz preocupado com bola aérea e admite temporada irregular no Grêmio


Marcelo Grohe é titular absoluto do Grêmio e foi um dos três goleiros convocados para defender a Seleção Brasileira na Copa América Centenária. Mesmo assim, o camisa 1 gremista afirmou nesta quinta-feira que considera que está um nível abaixo do habitual na atual temporada. 

A declaração vem após o Tricolor ter sofrido novamente com gols de bola aérea no empate com a Chapecoense nessa quarta.“Nunca tive nenhum problema de esconder meu erros, de assumir minhas falhas. 

Penso que se pegarmos os últimos anos, talvez esta temporada tem sido a mais difícil para mim. Sei fazer uma autoavaliação. Talvez esse ano tem sido mais irregular do que vem acontecendo. Quando você atinge um nível bom, a expectativa é manter. Mas não adianta dar desculpa. 

Sempre assumi meus erros. É difícil um jogador passar 15 anos em um clube jogando bem. É normal que haja uma queda. Tenho a confiança de todos e tenho certeza que vou retomar meu nível”, avaliou o goleiro. Sobre os gols sofridos em bolas aéreas, Grohe acredita que o problema seja a falta de concentração do time em alguns momentos. “A gente sabe a importância que tem a bola aérea no futebol atualmente. 

Penso que é um pouco mais de concentração de todos, inclusive da minha parte. Não adianta ficar dando desculpas. Tem de partir de nós essa concentração e trabalhar diariamente para vir minimizar essa situação”, declarou. No treino desta quinta-feira, o técnico Roger Machado trabalhou bastante as jogadas de cruzamento para a área. O Grêmio volta a treinar na  sexta, . O próximo compromisso no Brasileirão acontece no domingo, às 19h, diante do Cruzeiro 
na Arena.

Postagens mais visitadas deste blog

O futebol e a salsicha

Dia destes numa fila qualquer ouví um dizer: "Perdí as esperanças no futebol depois da final da Copa da França em 1998. 
 Logo pensei : 

" Se Imaginássemos como são feitos o futebol e a salsicha jamais consumiriamos essas "guloseimas"

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

07/08/2016 22:05 A seleção brasileira masculina de hóquei sobre grama disputou o seu segundo compromisso no torneio dos Jogos Olímpicos Rio 2016 neste domingo, 8 de agosto, no Centro Olímpico de Hóquei, no Complexo de Deodoro. Ao enfrentar a forte Bélgica, a seleção brasileira foi derrotada pelo placar de 12 a 0. O Brasil passou a somar duas derrotas em duas partidas, já que perdeu na estreia para a Espanha por 5 a 0. Na próxima rodada, terça-feira, 9 de agosto, os brasileiros voltam a campo para encarar a Grã-Bretanha. Encarando um time muito competitivo, os atletas brasileiros conseguiram manter o jogo equilibrado até o fim do primeiro quarto – de um total de quatro quartos, de 15 minutos cada –, quando a Bélgica marcou seus dois primeiros gols. A partir daí, a equipe brasileira sucumbiu à superioridade belga, ameaçando o gol adversário apenas em lances esporádicos. Com o domínio absoluto da partida, a Bélgica foi ampliando até chegar ao placar final de 12 a 0. "Pela primeira vez …

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)