Grêmio sofre, mas vence o Santos por 3 a 2


Foi mais complicado que se esperava, mas o final foi feliz e o Grêmio venceu o Santos por 3 a 2, na Arena, na noite desta quarta-feira, pela 12ª rodada. Com o triunfo e contando com a derrota do Inter para o Flamengo, o time gaúcho chegou a assumir a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos, impediu os visitantes de ingressarem no G4 – no fim da noite, o Corinthians ultrapassou o Tricolor, após ter vencido o América-MG.
O Grêmio abriu vantagem cedo com Giuliano e ampliou com Douglas ainda no primeiro tempo. Entretanto, sofreu dois gols e só foi conseguir o da vitória aos 44 minutos do segundo tempo, com o lateral Marcelo Hermes. Agora, o Tricolor inicia a preparação para o Gre-Nal do próximo domingo, às 11h, no estádio Beira-Rio. Em caso de derrota do Palmeiras, que joga amanhã, o clássico poderá valer até a liderança do Brasileirão.
Grêmio marca no início e no fim do primeiro tempo
Mais uma vez, o Tricolor utilizou o expediente de sair pressionando o adversário logo após o apito inicial do árbitro e deu certo. A dois minutos, Everton bateu de fora da área, o goleiro Vanderlei espalmou e, no rebote, Giuliano empurrou para o fundo das redes, abrindo o placar logo cedo. E não parou por aí: um minuto depois, Luan bateu escanteio, a defesa afastou de cabeça, Douglas pegou a sobra e chutou forte para o meio da área. Thyere cabeceou, a bola bateu na testa do zagueiro e passou sobre o travessão de Grohe.
Após a abertura do placar, os comandados de Roger Machado passaram a aguardar o adversário próximo a linha do meio de campo para se defender com mais jogadores e contra-atacar em velocidade. Com gramado para atuar, o Santos passou a dominar as ações ofensivas, mas tinha extrema dificuldade para superar o sistema defensivo do Grêmio.
Em uma oportunidade isolada, aos 28, Douglas passou para Jaílson, pela esquerda de ataque. O volante lançou para Giuliano, dentro da área, e o meia chutou. Vanderlei salvou com a perna. Nos últimos 10 minutos da primeira etapa, o Grêmio voltou a crescer e passou a atacar o Santos. Aos 44, Everton recebeu passe de costas para a área, girou, passou pelo marcador e, quando ia receber a pressão de dois marcadores, chutou. Vanderlei espalmou e Douglas encheu o pé e mandou para o fundo das redes: Grêmio, 2 a 0.
Santos desconta e Tricolor faz o gol da vitória aos 44 minutos
No retorno para a segunda etapa, o Santos partiu para tentar uma pressão sobre o Grêmio. Logo a um minuto, Gabriel arriscou de fora da área, a bola quicou e Grohe fez defesa segura. Dois depois o Tricolor reagiu. Everton recebeu passe dentro da área e chutou, a bola atravessou a pequena área e saiu próximo ao poste esquerdo de Vanderlei.
Ao contrário do primeiro tempo, quando o Grêmio esperou o adversário, os comandados de Roger Machado passaram a ter uma postura mais ofensiva. Aos sete, Luan fez lançamento para Giuliano, pelo lado direito de ataque. O meia avançou e chutou. Vanderlei espalmou pela linha de fundo. Dois minutos depois, Grohe salvou o Tricolor. Thiago Maia lançou Victor Ferraz, dentro da área. Grohe fechou o ângulo e evitou o gol com o pé.
A pressão santista rendeu frutos aos 20 minutos. Após escanteio cobrado na esquerda de ataque, Luiz Felipe desviou de cabeça na grande área e Copete, sem marcação, chutou para o fundo das redes.
Aos 22, Thyere afastou errado, a bola caiu para Thiago Maia, que chutou, mas a bola saiu desviada próximo ao poste esquerdo de Grohe. Dois minutos depois, Douglas fez excelente lançamento da direita de ataque para Luan, sozinho, dentro da área. O atacante cabeceou, mas a bola passou rente ao poste direito de Vanderlei.
Depois de perder Thyere por lesão, aos 36 minutos, Luan foi dar uma arrancada e colocou a mão no posterior da coxa esquerda, sinalizando lesão. Imediatamente foi substituído por Bobô, mas, após atendimento, levantou e foi caminhando para o vestiário. As coisas pareciam ir de mal a pior, pois, um minuto depois, Zeca chutou de fora da área no canto esquerdo de Grohe e deixou tudo igual.
Após o gol, o Tricolor voltou a pressionar com a entrada do jovem Guilherme e a mudança de postura foi recompensada aos 44. Giuliano passou por dois e lançou Marcelo Hermes dentro da área. O lateral chutou fraco, mas fora do alcance de Vanderlei para garantir o 3 a 2 e a vitória do Grêmio.
Brasileirão 2016 - 12ª Rodada
Grêmio 3
Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere (Marcelo Hermes), Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Giuliano, Douglas e Everton; Luan (Bobô).
Técnico: Roger Machado.
Santos 2
Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique (Yuri), Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima e Vitor Bueno (Copete); Rodrigão e Gabriel.
Técnico: Dorival Júnior.
Gols: Giuliano (2min/1ºT), Douglas (44min/1ºT) e Marcelo Hermes (44min/2ºT); Copete (20min/2ºT) e Zeca (37min/2ºT)
Cartões amarelos: Walace, Edílson e Douglas (G) e Yuri, Zeca e Lucas Lima (S)
Público: 14.865
Renda: R$ 363.345,00
Árbitro: Eduardo Valadão (GO).
Auxiliares: Alessandro A Rocha de Matos (Fifa/BA) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO).
Local: Arena, em Porto Alegre (RS).

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"