Di María fará exame para saber gravidade; jornal fala em "maldição"

O técnico Gerardo Martino saberá só nesse final de semana se poderá contar com Di María no restante da Copa América Centenário ou não. A Associação do Futebol Argentino (AFA) revelou que o meia-atacante deixou o campo contra o Panamá, sexta-feira, com dores no músculo adutor da perna direita e que realizará exames para determinar o tratamento. 

O jornal "Olé" lembrou outros casos de lesão de Di María em momentos importantes para tratar o caso como "maldição". Na Copa do Mundo de 2014, o atleta do Paris Saint-Germain se machucou contra a Bélgica, nas quartas de final, e não atuou mais no Brasil. No ano passado, saiu durante a final contra o Chile, também lesionado. Nas duas vezes, a Argentina foi vice-campeã. 

Contra o Panamá, Di María saiu ainda aos 42 minutos do primeiro tempo. Porém, Martino contou com a volta de Messi, que ficou fora da estreia contra o Chile (vitória de 2 a 1), por lesão - partida que teve o meia-atacante do PSG como destaque. O camisa 10 entrou no segundo tempo e marcou três vezes na goleada de 5 a 0 sobre os panamenhos. 

A Argentina é a líder do Grupo D com seis pontos, seguida por Chile e Panamá (três) e Bolívia (zero). Já classificada, a seleção de Martino pega os bolivianos na última rodada, terça-feira, para confirmar o primeiro lugar. 


O fator Messi
Se na segunda-feira pareceu que Messi não fez falta à Argentina, bastou enfrentar uma equipe mais fechada para surgir a necessidade.

 Talvez a maior favorita ao título da Copa América Centenário, a seleção albiceleste decepcionou contra o Panamá – e ainda assim venceu por 5 a 0, vejam só (assista aos melhores momentos acima). Nos primeiros 30 minutos, logo abriu o placar em bola parada, mas permitiu que os panamenhos ameaçassem o gol de Romero em algumas oportunidades. Não era um time seguro nem contra a 52ª colocada no ranking da Fifa.
Resultado de imagem para globo esporte.com

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"