Damião mostra ansiedade para definir o seu futuro e rechaça volta ao Santos



Apesar de ter contrato com o Betis até o dia 30 de junho e ter manifestado o desejo de permanecer no futebol europeu, Leandro Damião já foi comunicado pelo clube de Sevilha que precisará procurar uma nova equipe. O retorno ao Santos, clube que mantém os seus direitos federativos até o fim de 2018, está descartado. O centroavante conseguiu na Justiça a liberdade para atuar em outro time até o meio do próximo ano. 

Em entrevista ao SporTV, o camisa 9 mostrou ansiedade para definir logo o seu futuro e destacou que está bem fisicamente para voltar aos gramados (assista ao vídeo). - Todo mundo sabe o meu caráter, como eu sou. Mas hoje eu quero seguir o meu caminho e poder aproveitar as oportunidades (...). Eu quero jogar, falei isso para ele (o empresário Vinícius Prates). Nesse momento o meu objetivo é ajudar logo, ficar dentro de campo, treinar e estar no meio do grupo (...). Hoje eu estou no ápice (da parte física). Graças a Deus eu não tive nenhuma lesão nesse tempo no Betis. Isso está me ajudando muito para que eu possa chegar e ter um bom rendimento em um novo clube.Leandro Damião foi contratado pelo Betis em fevereiro deste ano, mas esteve em campo em apenas três oportunidades (129 minutos). O jogador disse que os problemas políticos do clube espanhol influenciaram no seu desempenho. 

O presidente Juan Carlos Ollero renunciou em fevereiro ao alegar uma divisão interna na equipe de Sevilha. - Foi complicado lá. Foi uma situação que eu nunca tinha passado, na época o presidente pediu demissão. O diretor que estava comigo no Inter e queria me levar para o Liverpool foi outro que saiu do Betis. Foi bem complicado. Eu acabei jogando poucos jogos, tendo poucas oportunidades. O centroavante não é chamado para a seleção brasileira desde 2013, quando foi lembrado por Felipão para a Copa das Confederações, mas cortado por conta de uma lesão muscular. 

O jogador revelou que acredita que pode voltar a vestir o uniforme verde e amarelo e lembrou com carinho dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando terminou a competição como artilheiro e com a medalha de prata no peito.

 - Eu tenho 26 anos, tenho muito futebol para jogar. Então, o meu sonho é voltar para a Seleção, com certeza. Tive a oportunidade de estar nas últimas Olimpíadas, onde fui artilheiro. Vou me dedicar e, pelas beiradas, vou jogar para ter uma nova oportunidade. Desde que o seu futuro foi definido no Betis, Damião já teve o seu nome ligado a Corinthians e Atlético-MG. 

O Vasco definiu que tentará a sua contratação por entender que ele é o camisa 9 que o time comandado por Jorginho tanto precisa. As conversas já tiveram início, mas as partes tratam a possibilidade com sigilo, e a expectativa é de que o atacante anuncie seu futuro no início do próximo mês.
Resultado de imagem para SPORTV LOGO PNG

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"