ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Com recorde de público no Allianz Parque, Palmeiras bate Corinthians pelo Brasileirão

3 anos depois do título do Paulistão de 1993, o Palmeiras voltou a reencontrar o Corinthians em um 12 de junho e novamente mostrou sua força no Dia da Paixão Palmeirense: vitória por 1 a 0, com gol de Cleiton Xavier, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ainda marcou o recorde de público do Allianz Parque: 39.935 torcedores acompanharam o clássico.
Com o resultado, o Verdão assume o segundo lugar no Campeonato Brasileiro com 15 pontos, um atrás do líder Internacional. O próximo compromisso será na quarta-feira (15), às 21h45, diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira.
O jogo
Jogando com a torcida inteira a favor, o Palmeiras tomou conta da partida nos instantes iniciais e teve a primeira grande chance aos oito minutos. Tchê Tchê encontrou Gabriel Jesus, que, cara a cara com Walter, chutou travado por Felipe.
Os alvinegros responderam no minuto seguinte, quando Bruno Henrique invadiu a área e dividiu com Fernando Prass, mas Edu Dracena chegou debaixo das traves para afastar e salvar o Verdão.
Mesmo com o domínio palmeirense, o Corinthians buscava equilibrar as ações e a marcação das duas equipes se sobressaía. As melhores oportunidades do Palmeiras surgiam em arrancadas de Dudu e Gabriel Jesus pelo lado esquerdo.
Aos 42, Uendel levou até a linha de fundo e cruzou para trás. Giovanni Augusto dominou e bateu cruzado, mas a bola passou à direita do gol de Prass.
Após uma primeira etapa pouco movimentada, o Verdão voltou para o segundo tempo disposto a mudar o cenário da partida.
Logo aos dois minutos, Dudu partiu em contra-ataque e enfiou para Moisés. O meia invadiu a área e bateu para defesa de Walter, mas, no rebote, Cleiton Xavier - que substituiu Róger Guedes no intervalo - tocou de cabeça para as redes. (Palmeiras 1 x 0 Corinthians)
O Corinthians tentou a resposta na sequência. Uendel cobrou falta da esquerda, Fernando Prass afastou de soco e Cristian bateu forte, mas a bola passou por cima do travessão.
Com o jogo mais aberto na etapa final, o Palmeiras buscou o ataque novamente aos oito. Gabriel Jesus encontrou Dudu livre na esquerda, o camisa 7 limpou a marcação de Felipe e chutou forte, exigindo grande defesa de Walter.
Três minutos depois, Guilherme recebeu na grande área após cobrança de falta e finalizou cruzado, mas a bola explodiu na trave.
Aos 17, Fagner vacilou na defesa corintiana e perdeu a bola para Jesus, que avançou e encheu o pé no canto esquerdo, obrigando Walter a fazer outra boa intervenção.
Mostrando maior volume de jogo, o Palmeiras seguia apertando o rival em busca do segundo tento. Aos 27, após cobrança de lateral, a bola sobrou para Gabriel Jesus, que bateu cruzado levando muito perigo ao gol alvinegro.
No minuto seguinte, nova chance palestrina: Tchê Tchê recebeu na entrada da área e chutou rasteiro de pé esquerdo, mas a bola passou raspando a trave de Walter.
Aos 39, Zé Roberto passou com facilidade por Fagner e cruzou na cabeça de Gabriel Jesus, que cabeceou a bola por cima do gol do Corinthians, perdendo ótima chance. Dois minutos depois, foi a vez do camisa 33 ajeitar para Moisés chutar de fora da área, mas Walter segurou firme.
Com Matheus Sales e Rafael Marques nas vagas de Moisés e Dudu, o Palmeiras segurou o resultado nos minutos finais e garantiu a terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.
Escalação: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos, Jean e Moisés (Matheus Sales); Dudu (Rafael Marques), Róger Guedes (Cleiton Xavier) e Gabriel Jesus.
Cartões amarelos: Jean, Zé Roberto, Edu Dracena e Moisés
Gol
Palmeiras: Cleiton Xavier (2’ - 2º tempo)
Palmeiras

João Abel
Departamento de Comunicação
12/06/2016 - 17:58h