Colombia vence EUA e o pódio da Copa América Centenário é da CONMEBOL

A Colômbia ficou neste sábado com o terceiro lugar na Copa América Centenário, após o jogo que venceu os anfitriões Estados Unidos, no certame que espera a grande final domingo entre Argentina e Chile, em Nova Iorque.
A seleção cafeteira alcançou o terceiro degrau do pódio pela quarta vez em uma Copa América, enquanto os Estados Unidos não conseguiram bater o sua melhor marca em uma competição continental, após a quarta colocação no  Uruguai de 1995.
Sem grandes obrigações para ambos, o encontro no estádio da Universidade de Phoenix, em Glendale (Arizona) foi divertido, com emoções em ambas as áreas e muito bem quente no final, quando foram expulsos o colombiano Santiago Arias e o local Michael Orozco.
Mas foi o atacante colombiano Carlos Bacca, que selou o resultado aos 31 minutos, na sequência de um passe do craque James Rodriguez.
Esta é a ficha técnica do jogo entre os EUA e a Colômbia pelo terceiro lugar da Copa América Centenário disputado sábado, no estádio da Universide de Phoenix, em Glendale (Arizona):

Copa América Centenário - 
Partida pela terceira colocação
  • Estados Unidos 0-1 Colômbia (parcial 0-1)

Estádio: Universidad de Phoenix (Glendale, oeste)
Clima: estádio coberto (22º C). Campo: muito bom
Público: 30.000 espectadores
Arbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai). Linhas: Richard Trinidad (Uruguai) e Luis Sánchez (Venezuela)
Gol: Carlos Bacca - Colômbia (31')
Admoestados:
Colômbia: Jeison Murillo (13), Juan Cuadrado (73)
Estados Unidos: Matt Besler (22), Jermaine Jones (41)
Expulsos:
Colômbia: Santiago Arias (90+3)
Estados Unidos: Michael Orozco (90+3) 
Formações:
Colombia: David Ospina - Santiago Arias, Christian Zapata, Jeison Murillo, Frank Fabra - Juan Cuadrado (Marlos Moreno 73), Guillermo Celis (Stefan Medina, 87), Daniel Torres, Edwin Cardona - James Rodríguez e Carlos Bacca (Roger Martínez, 79). DT: José Pekerman.
Estados Unidos: Tim Howard - DeAndré Yedlin, Michael Orozco, Geoff Cameron, Matt Besler - Alejandro Bedoya (Christian Pulisic, 73), Michael Bradley (Darlington Nagbe, 78), Jemaine Jones - Bobby Wood, Clint Dempsey e Gyasi Zardes. DT: Jürgen Klinsmann.
Resultado de imagem para conmebol 100 anos

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"