Pular para o conteúdo principal

Cianorte FC “Diegão do Leão”!!

Diego Moura Cabral, ou simplesmente “Diegão”. Zagueiro forte, 32 anos, e jogador que mais vestiu a camisa do Cianorte Futebol Clube em toda a história. Natural de Alto Piquiri-PR, Diego chegou à Cianorte antes mesmo da fundação do Cianorte Futebol Clube. 

Ainda em 2001, no extinto Cianorte Esporte Clube, que vestia verde e branco, Diego dava seus primeiros passos no futebol profissional. Sua força e seu talento fizeram com que sua história no Leão do Vale fosse escrita em páginas memoráveis. Para se ter ideia do tamanho de sua história, Diego participou do acesso à elite Estadual no ano de 2003. Não “satisfeito”, voltou a fazer história em 2016 e, de quebra, com o título invicto da Série B. 

 Entre idas e vindas, Diego vestiu a camisa do Leão em nada mais, nada menos do que 15 temporadas. Com direito a marcação individual e anulação da estrela do futebol mundial, Carlitos Tevez, na memorável vitória do Cianorte FC sobre o Corinthians, por 3 a 0, na Copa do Brasil de 2005. 

 Não para por aí, Diego tem o expressivo número de 8 acessos conquistados em sua carreira por diversos clubes do Paraná. Um verdadeiro “chama acesso”! Diegão fez seu nome na história do clube. Já está na galeria de ídolos e terá sempre o nosso respeito. Fica aqui nossa singela homenagem a este atleta exemplar, pai de família responsável e eterno “Diegão do Leão”! 

Que a nossa parceria siga por mais anos. A cidade de Cianorte se orgulha de ter um atleta que a representa com tanto afinco.
Resultado de imagem para CIANORTE FC 

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.