Pular para o conteúdo principal

Carille define Corinthians com quatro mudanças e duas novidades no banco

Sem contar com Yago, suspenso, além de Walter, Cristian, Elias e Danilo, lesionados, técnico interino do Timão ainda saca Luciano do time titular. Contra o Botafogo, Romero começa.

Novamente sob o comando interino de Fabio Carille, que dirige o clube desde a saída de Tite para a Seleção Brasileira, o Corinthians foi definido para enfrentar o Botafogo neste domingo, na Arena, com quatro novidades em relação ao time vencido pelo Fluminense no meio de semana, por 1 a 0. 

Na manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava, o treinador já não contou com Yago, suspenso, além dos lesionados Walter e Elias (Cristian e Danilo são outros contundidos do elenco, mas já não atuaram em Brasília), e definiu as entradas de Pedro Henrique, Cássio e Rodriguinho. 

Outra novidade é no setor ofensivo, mas por opção técnica: Romero é o novo centroavante titular. Apesar de Tite já ter desenhado a saída de Luciano da equipe em seus últimos jogos, o novo técnico da Seleção ainda não havia definido sua opção. 

Ainda sem marcar gols em 17 partidas disputadas na temporada, o camisa 17 agora fica no banco de reservas, e dará chance ao paraguaio Romero entre os titulares. 

André, outra opção de Carille para o setor, também fica no banco da Arena Corinthians. Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero é o time titular do Corinthians para enfrentar o Botafogo.
Resultado de imagem para terra esportes

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.