Brasileiros minimizam cortes na Seleção e valorizam força da equipe

A Seleção Brasileira que se prepara para a Copa América Centenário, nos Estados Unidos, vem sofrendo com os cortes no elenco inicial convocado por Dunga. 
Até agora, foram seis: Ricardo Oliveira, Douglas Costa, Rafinha, Ederson, Kaká e Luiz Gustavo. Apesar dos desfalques, os brasileiros preferem não lamentar, e sim exaltar a força da equipe e dos novos atletas que vêm chegando.
“São sempre grandes jogadores que vem para a Seleção. Tivemos cortes, lesões, mas os jogadores que estão chegando são de muita qualidade. Estamos trabalhando para entrosar. Fora de campo o grupo é unido e isso vai ajudar dentro de campo”, falou Philippe Coutinho em entrevista coletiva nesta quinta-feira, após treinamento da equipe verde-amarela na Universidade da Califórnia (UCLA).
O craque do Liverpool minimizou a grande quantidade de lesões, especialmente aqueles que atuam na Europa. Afinal, o Velho Continente vive período de pós-temporada.
“A gente que joga futebol está sujeito a esse tipo de coisa. Estamos no fim de temporada na Europa, e isso é normal. Está todo mundo preparado e focado, nosso objetivo é brigar pelo título”, disse Coutinho, titular do meio-campo da Seleção.
Quem também concedeu entrevista coletiva nesta quinta foi o lateral Douglas Santos. O jogador do Atlético-MG manteve o discurso de Philippe Coutinho, se disse tranquilo com a situação da equipe brasileira mesmo com os problemas e exaltou a força do time de Dunga.
“Fico tranquilo. É um caso difícil de conviver, que é uma lesão. Ficamos tristes quando alguém se machuca. Mas temos um bom elenco e os que estão vindo vão suprir a falta dos que vão sair”, comentou.
O último jogador a ser cortado da Seleção foi o volante Luiz Gustavo, nesta quinta, por problemas particulares. Para o seu lugar, Dunga chamou Walace, do Grêmio, que esteve em campo na derrota de sua equipe para o Palmeiras e chegará aos Estados Unidos no sábado. Paulo Henrique Ganso, que foi chamado para o lugar de Kaká, cortado por lesão, junta-se ao elenco brasileiro nesta sexta pela manhã.
O Brasil estreia na Copa América Centenário neste sábado, às 23h (de Brasília), contra o Equador, no Rose Bowl, em Pasadena.

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"