Pular para o conteúdo principal

Brasileirão 2016 - 7ª rodada: o que rolou?

A 7ª rodada do Campeonato Brasileiro foi a que mais teve 
jogadores expulsos até agora. Foram sete cartões vermelhos.
 Ao todo, são 19 expulsões na competição: média de 
uma a cada 3,7 jogos. 
O nervoso clássico mineiro entre Atlético e Cruzeiro 
foi o responsável por engordar os números. 
A disputa regional terminou com menos 
quatro atletas em campo: Marcos Rocha, Lucas, 
Romero e Bryan.O Cruzeiro, vencedor do clássico, 
lidera a lista de equipes com mais cartões vermelhos: cinco. 
Quando o assunto são os cartões amarelos, o líder 
Internacional é o campeão: 26 cartões. Já o Botafogo, 
é o time mais leal do campeonato até agora. 
O time, lanterna do Brasileirão, recebeu 11 
cartões amarelos e não teve nenhum atleta expulso. 
Confira os números do Brasileirão após o final 
da 7ª rodada:

70 partidas
35 vitórias do mandante (50%)
16 vitórias do visitante (22,8%)
19 empates (27,2%)

168 gols
99 gols do mandante
69 gols do visitante
78 gols no 1º tempo
90 gols no 2º tempo
12 gols nos acréscimos
16 gols de pênalti
7 gols de falta
5 gols contra

Cartões
352 amarelos
Mais cartões amarelos: 26 (Internacional) 
Menos cartões amarelos: 11 (Botafogo)
19 vermelhos
Mais cartões vermelhos: 5 (Cruzeiro)

Ataque
Mais positivo: 14 gols (Palmeiras)
Menos positivo: 4 gols (Botafogo) 
Artilheiro: 6 gols (Grafite – Santa Cruz; Bruno Rangel – 
Chapecoense)

Defesa
Menos vazada: 3 gols (Internacional)
Mais vazada: 13 gols (Coritiba e Atlético Mineiro)
ARTIGO PUBLICADO NA HOME PAGE DA CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.