ANATOMIA DE UMA DERROTA




Só , sei que descobri esse livro um dia lendo um catálogo de uma editora , ou foi ele que descobriu"?" livro que prende a atenção do leitor com um poder de fazê lo voltar no tempo , o referido livro é um dos mais “preciosos” da minha estante , talvez pela riqueza de detalhes , refiro me de “Anatomia de uma derrota” , o primeiro livro que comprei pela web , comprei direto da editora e na época que me custou de 30 à 50 reais … não me lembro ao certo. 

Este livro traz a história da derrota do Brasil na Copa do Mundo de 50, o dia 16 de julho de 1950. O autor Paulo Perdigão foi uma das testemunhas deste acontecimento. Um livro obrigatório, para todos os tipos de leitores: torcedores, jornalistas, pesquisadores e até mesmo jogadores e comissão técnica da seleção brasileira . “Anatomia de uma derrota” (Editora L&PM, 2000), é a mais completa obra sobre a fatídica derrota brasileira, na primeira Copa disputada no país, em 1950.

O autor, Paulo Perdigão, infelizmente, nos deixou em 2006. Mas sua obra, esgotada e somente encontrada em sebos por preços absurdos, de até 350 reais, voltará ao mercado após várias reportagens relacioná-lo, nesta onda de lançamentos pré-Copa, como um dos principais livros da literatura esportiva. Pena não voltar “em papel”, somente em e-book, pela mesma L&PM. 
 É neste livro histórico que Perdigão publicou o conto “O dia em que o Brasil perdeu a Copa”. Somado a parte do texto de introdução da obra, que você verá mais abaixo, com certeza, o cineasta Jorge Furtado produziu o curta-metragem, “Barbosa”, onde um homem volta no tempo para tentar evitar a falha do goleiro Barbosa na final da Copa de 1950. Como o prefaciador da obra, João Máximo, escreveu: “Anatomia de uma derrota” é um livro “definitivo”. 

 Um livro definitivo 
Por João Máximo

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"