Aguirre é oferecido ao Corinthians que pede informações ; Sylvinho nega


Dassler Marques e Vanderlei Lima
Do UOL, em São Paulo
Depois de recusas por parte de Eduardo Baptista, Fernando Diniz e Roger Machado, o Corinthians analisa novos alvos.
Desde a saída de Tite, o nome de Diego Aguirre foi apresentado à direção corintiana por empresários. Inicialmente, o clube não demonstrou interesse, já que trabalhava algumas prioridades. Mas, nas últimas horas, retomou conversas e solicitou informações em relação ao uruguaio.
Entre os questionamentos feitos pelo Corinthians estavam três questões importantes: a pretensão salarial, o tempo de contrato desejado e ainda quais profissionais Aguirre gostaria de levar à comissão técnica.
O treinador uruguaio não está entre as prioridades da direção neste momento, que enfrenta dificuldades porque seus principais alvos atuais estão empregados. Inclusive, Oswaldo de Oliveira, do Sport, e Dorival Júnior, do Santos - este, a exemplo de Roger Machado, foi sugerido por Tite ao Corinthians.
Semifinalista da Copa Libertadores pelo Internacional em 2015, Aguirre recentemente deixou o Atlético-MG após chegar às quartas de final do torneio. Na quarta-feira, o presidente Roberto de Andrade abriu a possibilidade de contratar treinador estrangeiro, desde que tivesse qualidade.
Sylvinho diz que tem contrato na Inter de Milão e nega ter recebido oferta
Ex-auxiliar de Tite e Mano Menezes no Corinthians, e atualmente de Roberto Mancini na Inter de Milão-ITA, Sylvinho é visto como a melhor opção entre os considerados novatos. Sem experiência como treinador, ele negou ter sido procurado pela direção corintiana. Segundo apuração da reportagem, porém, ele recebeu sondagens sobre voltar ao Brasil e se mostrou interessado.
"Claro que me sinto preparado, mas eu tenho contrato com a Inter até julho de 2017. Não houve nada com o Corinthians. Não posso comentar nada, porque não houve", disse Sylvinho ao UOL Esporte. De acordo com ele, que passa férias em São Paulo, voltará à Itália até o fim do mês.

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"