ZH

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...

/

ESPORTE PARA TODOS!

 

OUÇA - A VIDA DE WILSON SILVA

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Aguirre é oferecido ao Corinthians que pede informações ; Sylvinho nega


Dassler Marques e Vanderlei Lima
Do UOL, em São Paulo
Depois de recusas por parte de Eduardo Baptista, Fernando Diniz e Roger Machado, o Corinthians analisa novos alvos.
Desde a saída de Tite, o nome de Diego Aguirre foi apresentado à direção corintiana por empresários. Inicialmente, o clube não demonstrou interesse, já que trabalhava algumas prioridades. Mas, nas últimas horas, retomou conversas e solicitou informações em relação ao uruguaio.
Entre os questionamentos feitos pelo Corinthians estavam três questões importantes: a pretensão salarial, o tempo de contrato desejado e ainda quais profissionais Aguirre gostaria de levar à comissão técnica.
O treinador uruguaio não está entre as prioridades da direção neste momento, que enfrenta dificuldades porque seus principais alvos atuais estão empregados. Inclusive, Oswaldo de Oliveira, do Sport, e Dorival Júnior, do Santos - este, a exemplo de Roger Machado, foi sugerido por Tite ao Corinthians.
Semifinalista da Copa Libertadores pelo Internacional em 2015, Aguirre recentemente deixou o Atlético-MG após chegar às quartas de final do torneio. Na quarta-feira, o presidente Roberto de Andrade abriu a possibilidade de contratar treinador estrangeiro, desde que tivesse qualidade.
Sylvinho diz que tem contrato na Inter de Milão e nega ter recebido oferta
Ex-auxiliar de Tite e Mano Menezes no Corinthians, e atualmente de Roberto Mancini na Inter de Milão-ITA, Sylvinho é visto como a melhor opção entre os considerados novatos. Sem experiência como treinador, ele negou ter sido procurado pela direção corintiana. Segundo apuração da reportagem, porém, ele recebeu sondagens sobre voltar ao Brasil e se mostrou interessado.
"Claro que me sinto preparado, mas eu tenho contrato com a Inter até julho de 2017. Não houve nada com o Corinthians. Não posso comentar nada, porque não houve", disse Sylvinho ao UOL Esporte. De acordo com ele, que passa férias em São Paulo, voltará à Itália até o fim do mês.