Pular para o conteúdo principal

VIDEO 1930 : A Primeira Copa do Mundo


VIDEO



Introdução

A Primeira Copa do Mundo de Futebol foi realizada no Uruguai, entre os dias 13 e 30 de julho de 1930. Para esta competição não houve eliminatórias e os países participantes foram convidados. Houve a participação das seleções de 13 países.


Dados da Copa do Mundo de Futebol de 1930

Seleções participantes: Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Chile, Estados Unidos, França, Iugoslávia, México, Paraguai, Peru, Romênia, Uruguai.

Estádios onde ocorreram as partidadas (todos na capital Montevidéu): Estádio Centenário (contruído para esta Copa), Estádio Parque Central e Estádio Pocitos.

Campeão da Copa de 30: Uruguai
Vice: Itália
Colocação do Brasil: 6º lugar

Jogos do Brasil: 

1ª Fase: Brasil 1 x 2 Iugoslávia / Brasil 4 x 0 Bolívia

Campanha do Brasil: 2 jogos / 1 vitória / 1 derrota / 5 gols pró / 2 gols contra

Artilheiro da Copa de 1930: Stábile da Argentina com 8 gols.
Artilheiro do Brasil: Preguinho com 3 gols


Curiosidade:


- O primeiro gol do Brasil em Copas do Mundo foi marcado pelo jogador Preguinho. Filho do conhecido escritor Coelho Neto, Preguinho marcou o único gol brasileiro na partida em que a seleção brasileira perdeu para a Iugoslávia por 2 a 1.


Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.