Vasco vence o Bahia em jogo eletrizante

Com quatro jogos à tarde, a Série B chegou com tudo no sábado (28). O grande destaque foi o confronto eletrizante entre Vasco e Bahia, que terminou com vitória cruz-maltina por 4 a 3. Avaí e Atlético-GO foram outros mandantes que também levaram a melhor. O Leão catarinense fez 4 a 2 no Ceará e o Dragão 2 a 1 no rival Vila Nova. O Joinville, por sua vez, recebeu o Londrina e ficou no empate em 1 a 1.
Em partida iniciada às 16h30 (de Brasília), em São Januário, o Vasco entrou em campo num ritmo avassalador e abriu o placar logo aos 17 minutos, com Thalles. Aos 39, Luan aproveitou a sobra na área após cobrança de escanteio e ampliou. Na etapa final, a pressão vascaína continuou, mas foi o Bahia que balançou a rede primeiro, com Luisinho após contra-ataque rápido puxado por Renato Cajá, aos quatro minutos. Quinze minutos depois, o Tricolor de Aço conseguiu o empate. 

Danilo Pires aproveitou cruzamento de Tinga e marcou de cabeça. Foi aí que a estrela de Nenê começou a brilhar. Dois minutos após o segundo gol dos baianos, o camisa 10 do Gigante da Colina recebeu na frente e, com muita categoria, bateu no cantinho: golaço. Onze minutos mais tarde, o meia bateu falta com perfeição e fez o segundo dele, quarto do Almirante. Aos 41, ele ainda teve oportunidade de balançar a rede mais uma vez, mas cobrou pênalti para fora. Três minutos depois, um susto: Bruno Gallo marcou contra. No entanto, o clube carioca segurou bem o resultado e conquistou a vitória, por 4 a 3, que o manteve na liderança.
Outro mandante que fez bonito foi o Avaí. Na Ressacada, William abriu o placar aos 29, marcou mais um quatro minutos depois, em cobrança de pênalti, e viu Jajá fazer o terceiro, em bela cobrança de falta, aos 36. Na volta para o segundo tempo, mais do mesmo. Ainda aos três minutos, William recebeu de Tatá e fez o terceiro dele, quarto do Leão. 
O Vozão, por sua vez, ainda fez dois gols, aos 22, com Bill, e aos 26, com Felipe, mas a reação parou por aí. Os catarinenses subiram para o terceiro lugar com o resultado, enquanto os cearenses foram para a 13ª colocação.
Atlético-GO e Vila Nova fizeram um jogo equilibrado e sem muitas chances de gols no Serra Dourada. Foi o Tigre quem saiu na frente, com gol de Fabinho, aos 14 minutos. O Dragão, por sua vez, chegou ao empate aos 36 minutos, com belo gol de Júnior Viçosa. A etapa final voltou ainda mais disputada, mas as equipes se arriscaram menos. Aos 33, Luís Soares recebeu bom cruzamento e bateu por cima do gol. Quando o confronto se encaminhava para a igualdade, já aos 46, Luís Soares puxou ótimo contra-ataque e serviu Pedro Bambu. O meia dominou e bateu com categoria, dando a vitória ao Rubro-Negro. Com o resultado, o Atlético se manteve na segunda colocação, com 12 pontos e 100% de aproveitamento. Já o Vila caiu para o 16º lugar.
Na Arena Joinville, o time da casa não conseguiu se impor para vencer a primeira na competição. O JEC até começou melhor e abriu o placar aos 36 minutos, com Juninho em lance de contra-ataque muito rápido. O problema dos catarinenses foi que pouco tempo depois, aos 44, o Londrina chegou ao empate. No cruzamento de Jô, Keirrison subiu bem e deixou tudo igual. Na etapa final, o Tubarão chegou bem aos 14 minutos, com Diogo Roque, mas Oliveira fez bela defesa. Aos 26, o time da casa respondeu. 

Paulinho Dias mandou uma bomba de fora da área e obrigou Marcelo Rangel a voar para evitar o gol. Mais para o fim, Rafael Gava teve duas grandes oportunidades de conquistar a vitória para os paranaenses, mas bateu por cima, aos 44, e parou em Oliveira, no minuto seguinte. Com o resultado de 1 a 1, o Londrina caiu para o 11º lugar e o Joinville se manteve na 17ª colocação.

CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"