Pular para o conteúdo principal

Londrina é o Campeão do Interior de 2016


O Londrina conquistou, no sábado, 07, o seu terceiro título de Campeão do 
Interior do Campeonato Paranaense. Desta vez, o adversário do Tubarão foi o PSTC, 
que brigou pela conquista até os momentos finais do tempo regulamentar de jogo, 
levando a decisão para as penalidades. 
 
Na primeira partida, o Londrina havia vencido em casa por 3 a 2, o que lhe dava a vantagem de empatar nesta tarde. E era o que acontecia até os acréscimos da arbitragem no segundo tempo. Aos 49 minutos, 
Spice acertou um belo chute de fora da área e devolveu ao time de 
Cornélio Procópio a esperança da conquista do título. 
 
Pênaltis
Nas penalidades, o Tubarão acabou conquistando o título ao vencer por 4 a 3. 
Seus gols foram marcados por Bruno Batata, Paulinho, Keirrison e Pacato. 
Já o PSTC marcou com Lucão, Índio e Baroni. 
 
Campanha

1ª FASE
11 jogos
15 pontos conquistados
06 vitórias
03 empates
02 derrotas
16 gols marcados
07 gols sofridos
09 gols de saldo
45% de aproveitamento
 
QUARTAS DE FINAL
02 jogos
01 ponto conquistado
01 empate
01 derrota
01 gols marcados
03 gols sofrido
-2 gols de saldo
 
FINAL DO INTERIOR
02 jogos
03 pontos conquistado
01 vitória
01 derrota
03 gols marcados
03 gols sofridos
0 gol de saldo
Resultado de imagem para federação paranaense de futebol

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.