Pular para o conteúdo principal

Londrina é o Campeão do Interior de 2016


O Londrina conquistou, no sábado, 07, o seu terceiro título de Campeão do 
Interior do Campeonato Paranaense. Desta vez, o adversário do Tubarão foi o PSTC, 
que brigou pela conquista até os momentos finais do tempo regulamentar de jogo, 
levando a decisão para as penalidades. 
 
Na primeira partida, o Londrina havia vencido em casa por 3 a 2, o que lhe dava a vantagem de empatar nesta tarde. E era o que acontecia até os acréscimos da arbitragem no segundo tempo. Aos 49 minutos, 
Spice acertou um belo chute de fora da área e devolveu ao time de 
Cornélio Procópio a esperança da conquista do título. 
 
Pênaltis
Nas penalidades, o Tubarão acabou conquistando o título ao vencer por 4 a 3. 
Seus gols foram marcados por Bruno Batata, Paulinho, Keirrison e Pacato. 
Já o PSTC marcou com Lucão, Índio e Baroni. 
 
Campanha

1ª FASE
11 jogos
15 pontos conquistados
06 vitórias
03 empates
02 derrotas
16 gols marcados
07 gols sofridos
09 gols de saldo
45% de aproveitamento
 
QUARTAS DE FINAL
02 jogos
01 ponto conquistado
01 empate
01 derrota
01 gols marcados
03 gols sofrido
-2 gols de saldo
 
FINAL DO INTERIOR
02 jogos
03 pontos conquistado
01 vitória
01 derrota
03 gols marcados
03 gols sofridos
0 gol de saldo
Resultado de imagem para federação paranaense de futebol

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco