LEC : Keirrison brilha depois de apagão no Café


Principal contratação da temporada, o atacante Keirrison garantiu a primeira vitória do Londrina na Série B do Brasileiro. O centroavante marcou aos 24 minutos do segundo tempo e definiu o jogo diante do Náutico, na fria noite de ontem, no Estádio do Café. 
Depois de quatro partidas, o Tubarão voltou a vencer e chegou aos quatro pontos na classificação em três rodadas. 

O alviceleste volta a atuar no sábado contra o Joinville, em Santa Catarina. O time pernambucano estacionou nos três pontos e joga na sexta-feira contra o Sampaio Corrêa, no Recife. 

Apesar do domínio territorial, o Londrina teve dificuldades de finalização no primeiro tempo. O time tocou bem a bola, mas o único chute a gol veio dos pés de Zé Rafael, por cima do gol de Júlio César. O Náutico se arriscou pouco e finalizou apenas uma vez com Caíque, para fácil defesa de Marcelo.
Depois de um apagão em duas torres de iluminação do Café, o segundo tempo começou com mais de 25 minutos de intervalo. Mas, a espera valeu a pena. O jogo foi mais aberto e movimentado. 

O técnico Alexandre Gallo voltou com Renan Oliveira e o Timbu quase abriu o placar em cabeçada de Rafael Carioca.
A torcida já perdia a paciência, quando Tencati chamou Paulinho Moccelin e o time acendeu em campo. E a galera veio junto. Rafael Gava finalizou com perigo e Júlio César salvou. No lance seguinte, o próprio Gava cruzou da direita e Keirrison fechou por trás da zaga e, de peixinho, fez um bonito gol. O segundo dele com a camisa alviceleste, o primeiro na Série B. 

"Independentemente de quem fizesse o gol, o importante era a vitória. O time já vinha jogando bem nas últimas partidas e faltava esta vitória", comemorou o K99. Um atacante do LEC não marcava desde a final do interior contra o PSTC, quando Wellisson marcou duas vezes. 


Após o fim do jejum do ataque, a partida ganhou emoção. O Náutico quase empatou em finalização de Rafael Carioca, que Marcelo defendeu com o pé direito, à queima-roupa. Em novo cruzamento, Silvio cabeceou firme para boa defesa do arqueiro pernambucano. 
O Londrina administrou bem os últimos minutos e comemorou a vitória em casa, depois de duas derrotas seguidas no Café. "A vitória veio na raça e também na qualidade. Criamos várias chances de gol e os três pontos foram justos pelo que fizemos em campo", afirmou o meia Rafael Gava. 
O técnico Claudio Tencati também aprovou o desempenho. "O primeiro tempo foi amarrado, mas o segundo mostrou a força do grupo e que estamos no caminho certo". 

Em Londrina 

Londrina 1x0 Náutico 

Marcelo Rangel; Igor, Matheus, Silvio (Marcondes) e Léo; Diogo Roque, Germano, Rafael Gava e Zé Rafael; Jô (Paulinho Moccelin) e Keirrison (Batata). Técnico: Claudio Tencati 

Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Gaston; Mateus Muller, Rodrigo Souza, Rafael Coelho, Caíque Valdívia (Renan Oliveira); Rony (Rafael Silva) e Jefferson (Taiberson) 
Técnico: Alexandre Gallo 

Gols: Keirrison aos 24 minutos do segundo tempo 

Público pagante: 1.950 torcedores (total: 2.242) 

Renda: R$ 31.740 

Árbitro: Felipe Duarte Varejão 

Local: Estádio do Café
Lucio Flavio Cruz
Reportagem local

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"