Bruno planeja voltar ao futebol em 2018


Cumprindo pena de 22 anos e três meses pela morte de Eliza Samúdio, Bruno concedeu entrevista ao portal “GloboEsporte.com” e falou sobre tentativa de suicídio, faxina, facada e o reencontro com o futebol. O ex-goleiro do Flamengo afirmou que tem esperança de conquistar a liberdade no regime semiaberto em 2018 graças a progressão por dias trabalhados. 

“Reconheço que eu tenho que pagar a minha dívida com a Justiça. Tudo que aconteceu vai servir de experiência. Eu vou voltar. Chega de sofrer, sabe? Eu sofri muito e fiz muitas pessoas sofrerem”, disse o ex-atleta. 

Durante o tempo que ficou preso, Bruno passou por poucas e bocas. Tentou se matar, levou uma facada e teve que se tratar de depressão com remédios. Atualmente diz que está focado no trabalho, em cursos e treinamentos na Asassociação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), uma ONG que administra prisões e trabalhar em parceria com tribunais de justiça. 

Bruno ainda revelou que está escrevendo um livro com a verdadeira história do ocorrido com Eliza e garantiu que a amizade com Macarrão é coisa do passado.  O ex-goleiro ainda sonha em voltar ao futebol e perdeu 16 Kg recentemente. Atualmente tem os mesmos 90 kg, mesmo peso da época do Flamengo. 

Ele também lamentou ter perdido todo o dinheiro que ganhou com o futebol disse que se inspira em Edmundo para aguentar a pressão quando voltar a jogar. 

Resultado de imagem para yahoo esportes

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"