Pular para o conteúdo principal

Indy : Power domina sexta-feira em Indianápolis

              

Da Redação | esportes@band.com.br 
Campeão da temporada 2014 da Fórmula Indy, o australiano Will Power voou baixo na pista de Indianápolis nesta sexta-feira e com a velocidade de 232,672 mph (374,439 km/h) foi o mais rápido do último treino livre da semana para as 500 Milhas de Indianápolis. O australiano, que desbancou o domínio da Andretti, mais rápida durante toda a semana, foi seguido por Josef Newgarden, com a velocidade de 232,344 (373,911 km/h) em segundo e Jemas Hinchcliffe, em terceiro, com a marca de 231,972 mph (373,312 km/h). Entre os vencedores da prova, Ryan Hunter-Reay, primeiro colocado na edição 2014, ficou em sétimo. 

O piloto da Andretti atingiu a marca de 231,284 mph (372,205 km/h). Entre os brasileiros, Helio Castroneves, vencedor da Indy 500 em 2001, 2002 e 2009, ficou em 15º, com a marca de 230,333 mph (370,674 km/h). Tony Kanaan, campeão da categoria em 2004 e vencedor da prova em 2013, atingiu 229,753 mph (369,741 km/h) e ficou em 20º. 

 Os pilotos da Indy voltam para a pista neste sábado, às 9h (de Brasília) para mais uma sessão livre e às 12h, para a primeira parte do treino classificatório, que define quem largará da 10ª à 33ª posição do grid. A sessão classificatória terá transmissão ao vivo no Portal da Band.
Resultado de imagem para band

               Will Power (Foto: IndyCar)

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.