Pular para o conteúdo principal

Gil não para nem quando o treino acaba

Dessa vez, os goleiros não foram os últimos a deixar o campo de treino na tarde desta terça-feira em Los Angeles. Não que eles não fossem exigidos. Ao contrário: Alisson, Diego Alves e Ederson foram, como acontece em todos os treinos, os primeiros a entrar no gramado para serem submetidos ao costumeiro bombardeio vindo de centenas de chutes do lado de campo. 
Mas já haviam parado quando um jogador ainda treinava. O zagueiro Gil, que já tinha suado a camisa no treino da manhã na academia e participado do treino técnico, continuou em campo fazendo um trabalho especial. No meio da área, interceptava os cruzamentos vindos do lado de campo em bolas pelo alto e rasteiras. 
Gil acha que só tem a ganhar com o trabalho redobrado.
- Não só eu como todos os que estão aqui sabem que isso só ajuda, para chegar no jogo e ter um bom desempenho. E não é sacrifício nenhum. É até tranquilo. E a gente sabe que a recompensa pode vir lá na frente.
O zagueiro está correndo atrás da oportunidade que pode estar ao seu alcance, na briga por uma vaga entre os titulares.
- Jogando de saída ou não, temos de estar em forma para ajudar a Seleção Brasileira. Mas é claro que o objetivo é ser titular, aproveitar bem a chance se ela vier. Por isso, procuro treinar muito.     

 CONTEÚDO PUBLICADO NO SITE DA CBF  

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco