Futsal Feminino :Cianorte/santa cruz volta a vencer Marília e fica com o tri no feminino da Copa TV TEM


As meninas do Cianorte/santa cruz  soltaram o grito de campeão na noite desta terça-feira ao vencer Marília, por 1 a 0, no ginásio Duduzão, em Bauru, e festejar a terceira conquista da cidade na categoria feminina da Copa TV TEM de Futsal da região de Bauru – antes, já haviam vencido as edições de 2012 e 2013. Além de ficar com o tricampeonato, Santa Cruz freou uma série de Marília, que havia ficado com o título nas duas últimas edições 2014 e 2015, além de 2011. Para chegar à conquista, Santa Cruz bateu Marília duas vezes. 

No jogo de ida, em Pompeia, as santacruzenses haviam vencido por 4 a 3 e, por isso, jogavam por um empate na noite desta terça. Marília precisaria vencer para levar a decisão aos pênaltis. Nesta terça, diante de um ginásio lotado, Santa Cruz dominou a partida e venceu com um gol de Bruna. Com a conquista, Santa Cruz se qualifica também para disputar a Copa dos Campeões. 
O jogo 

Precisando da vitória para reverter a derrota no jogo de ida, Marília adotou uma marcação alta, pressionando a saída de bola de Santa Cruz, que conseguia trabalhar com tranquilidade a vantagem de poder empatar. Apesar da pressão, as santacruzenses tiveram excelentes chances, principalmente com Andreia. Marília apostava na velocidade de Andreia, mas a atleta exagerou na individualidade. 

A goleira Bianca, do Cianorte/santa cruz , trabalhou bem e foi decisiva na melhor oportunidade do primeiro tempo: faltando 19 segundos, Gislene avançou sozinha e só parou na saída de Bianca, deixando o placar em branco na etapa inicial. 

Na volta do Intervalo, o jogo cresceu em emoção, com Marília se lançando ao ataque, mas abrindo muitos espaços para Santa Cruz, que quase abre o placar com Vanessa, que acertou o travessão. Marília responde na mesma moeda e Andreia acerta o pé da trave de Bianca. Faltando sete minutos, Santa Cruz chegou ao gol após bela triangulação concluída por Bruna. Um minuto depois, Clauciele quase ampliou para o Cianorte/santa cruz  ao acertar mais uma na trave da goleira Thayná. 

A partir de então, o técnico Daniel Sabino acionou a goleiro-linha, com Marina, a pressão cresceu, mas Santa Cruz se segurou na defesa para vencer o jogo e festejar o título.
Resultado de imagem para globo esporte

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"