Pular para o conteúdo principal

Edílson, ex-Timão, acerta com o Grêmio e deve assinar por três anos



O lateral direito Edílson, de 29 anos, voltará ao Grêmio depois de seis temporadas. O jogador deverá assinar com o clube tricolor por três anos. De acordo com a Rádio Grenal, o atleta estava na lista dos reforços pretendidos pelo novo vice de futebol gremista, Alberto Guerra, com quem ele trabalhou em 2010.
Depois da passagem pelo futebol gaúcho, Edílson jogou no Atlético-PR, no Botafogo, quando conquistou uma edição do estadual, e no Corinthians. Na campanha do título brasileiro de 2015, Edílson disputou 19 partidas e não marcou gols pelo Timão, figurando, na maior parte das vezes, como reserva de Fagner.
A lateral direita era considerada uma das prioridades para a direção gremista, depois que a negociação por Emilio Zeballos, do Defensor Sporting-URU, fracassou. O presidente gremista Romildo Bolzan Jr. já havia afirmado que não queria disputar o Brasileiro com um volante improvisado. Ao assumir o departamento de futebol, Alberto Guerra definiu a defesa como prioridade, e afirmou que buscava jogadores que pudessem “chegar e sair jogando”.
No Corinthians, o lateral – que chegou a cumprir função de volante em determinada circunstância -, nunca chegou a ser unanimidade. Reserva imediato de Fagner, Edílson disputou algumas partidas em 2016, mas não vinha sendo utilizado com frequência. Sem ele, o substituto de Fagner poderá ser Guilherme Andrade, jogador pouco conhecido da Fiel.
O desfecho da negociação, alcançado nesta sexta-feira, aconteceu às vésperas da estreia de ambas as equipes no Brasileirão deste ano. No domingo, a partir das 16 horas (de Brasília), o Corinthians receberá o Grêmio na Arena Coritnhians, em jogo que será precedido por show do cantor Péricles.
Gazeta EsportivaResultado de imagem para msn png

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.