Cruzeiro vence Londrina, elimina jogo da volta e avança para 3ª fase da Copa do Brasil


A dificuldade que o Cruzeiro encontrou para passar da primeira fase da Copa do Brasil, no duelo contra o Campinense-PB, não se repetiu no confronto diante do Londrina-PR, nesta terça-feira. Superior ao adversário, a Raposa dominou boa parte do jogo, levou alguns sustos no final, mas venceu por 2 a 0, no estádio do Café, no interior do Paraná.
Bruno Rodrigo e Henrique marcaram os gols do Cruzeiro ainda no primeiro tempo. Como venceu por dois gols de diferença na casa do adversário, o time celeste eliminou a partida de volta em Belo Horizonte, que estava marcada para a próxima terça-feira, e avançou diretamente para a terceira fase da competição nacional.

Depois de garantir a vaga na próxima fase da Copa do Brasil, o Cruzeiro se prepara agora para a estreia no Campeonato Brasileiro. O time celeste entra em campo no sábado, às 21h, diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
O jogo
A partida começou com cerca de 20 minutos de atraso por falta de energia elétrica no Estádio do Café, em Londrina. Quando a bola rolou, o Cruzeiro dominou as ações e teve a primeira oportunidade logo aos seis minutos. Lucas Romero arriscou de longe e o goleiro Marcelo Rangel se esticou todo para defender.

Aproveitando os erros do Londrina na saída de bola, o Cruzeiro pressionava e ficava mais perto de abrir o placar. Até que aos 22 minutos, Pisano recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Bruno Rodrigo, que subiu muito e testou no cantinho: 1 a 0 Cruzeiro.
O time celeste não se contentou com a vitória simples e queria fazer o segundo para eliminar o duelo de volta, semana que vem em Belo Horizonte. E aos 36 minutos, Henrique acertou uma bomba de fora da área. A bola ainda desviou na defesa do Londrina antes de morrer no fundo das redes.
Na etapa final, o Cruzeiro adotou a postura de esperar o Londrina, já que o resultado classificava o time sem a necessidade do jogo de volta. A equipe da casa, porém, não conseguia ameaçar a meta de Fábio.
Com o adversário entregue em campo, a Raposa adiantou a marcação e chegou a criar duas boas chances com Willian. Primeiro, o atacante do bigode recebeu na área, ajeitou e bateu por cima do gol. Pouco depois, o camisa 9 cobrou falta com perigo e o goleiro espalmou para escanteio.
Nos minutos finais o jogo pegou fogo e as duas equipes tiveram chances de marcar. Ariel Cabral recebeu na entrada da área e bateu no canto, mas a bola passou raspando a trave. 

Quase o Cruzeiro fez o terceiro. Na sequência, o Londrina respondeu. Bruno Batata desviou cruzamento e obrigou Fábio a fazer grande defesa. Nos acréscimos, Sánchez Miño deu um grande susto na torcida celeste ao recuar de peito para Fábio. O passe saiu curto, Jô se antecipou e quase diminuiu o placar que tiraria a classificação antecipada da Raposa para a terceira fase.
        Resultado de imagem para copa do brasil 2016                                                 
  •                                   Londrina 0 x 2 Cruzeiro


Londrina: Marcelo Rangel; Igor Bosel, Sílvio, Matheus e Paulinho; Germano, Bidía (Rafael Gava), Netinho e Zé Rafael (Jô); Paulinho Moccelin (Bruno Batata) e Itamar. Técnico: Cláudio Tencati

Cruzeiro: Fábio; Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Henrique, Lucas Romero e Elber (Douglas Coutinho); Pisano (Ariel Cabral), Allano (Bruno Ramires) e Willian. Técnico: Geraldo Delamore (interino)
Motivo: jogo de ida – 2ª fase da Copa do Brasil
Data: 10 de maio 2016, terça-feira, às 21h30
Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Gols: Bruno Rodrigo (22’/1ºT), Henrique (36’/1ºT)
Cartão Amarelo: Germano, Jô, Sílvio, Matheus (Londrina); Élber, Sánchez Miño, Ariel Cabral, Douglas Coutinho (Cruzeiro)
Árbitro: Márcio Henrique de Gois (SP)
Auxiliares: Márcia Bezerra Lopes Caetano (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Resultado de imagem para radio itatiaia am png  logo

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"