Pular para o conteúdo principal

Corinthians anuncia Pato. Por que ninguém quer o jogador?

Por Bruno Voloch  Bate-Pronto - Yahoo Esportes 



Internacional, Milan, Corinthians, São Paulo e Chelsea. 5 clubes, 5 camisas diferentes em tão pouco tempo de carreira. Assim tem sido a vida profissional de Alexandre Pato. Aos 26 anos, com passagens pelas categorias de base da seleção brasileira e 10 gols pela principal, Pato não se firma em nenhum lugar. No Chelsea o jogador fracassou novamente.

O Corinthians chora

Quer recupera pelo menos parte do que pagou ao Milan. 

 O empresário de Pato anda oferecendo o atleta para diferentes países e nada. Nem os clubes brasileiros manifestaram interesse em contratar Pato. Há 3 anos o Corinthians pagou cerca de 15 milhões de euros para ficar em definitivo com o jogador. Está no prejuízo. 

  Pato não vinga. 

Aliás desde 2013 que Pato não ganha nada. Naquele ano foi campeão paulista e da Recopa Sul-Americana pelo Corinthians. Está zerado. Nos bastidores os comentários dão conta de que o excesso de lesões deixa os possíveis interessados cautelosos e temerosos no investimento. Isso sem contar com o grau de exigência de Pato e o salário de R$ 800 mil. O Corinthians, até então, não admitia pagar metade dos vencimentos do jogador para facilitar futuras transações. Hoje, diante da dificuldade de encaixar Pato no mercado, a posição pode ser revista.
Resultado de imagem para yahoo esportes

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco