Pular para o conteúdo principal

Acesso : Uma semana dedicada e focada na decisão contra o Prude

Com as atenções voltadas para a decisão da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense 2016 , o Cianorte FC deixou de lado a euforia do acesso à elite do futebol paranaense e dedicou toda a semana no jogo decisivo diante do Prudentópolis FC .
A partida entre Prudentópolis FC e Cianorte FC, será disputada neste domingo (29), às 15h30, no Estádio Newton Agirbet , neste que será o primeiro de dois jogos que apontarão o campeão da competição. 
Para o Cianorte FC  o título será um feito inédito tendo em vista que na última oportunidade de acesso o campeão foi o Nacional de Rolândia.Na oportunidade  o catarinense Barbieri, ex-Figueirense e Blumenau, teve participação decisiva na volta do Cianorte FC à primeira divisão após 21 anos. 
Em jogo válido pelo Campeonato Paranaense da Segunda Divisão de 2003.foi com um gol antológico marcado por Barbieri, numa cobrança de falta, que deu a vitória ao Cianorte sobre o Dois Vizinhos, por 1 x 0. O lance aconteceu aos 48 minutos do segundo tempo no Estádio Olímpico Albino Turbay. Se o jovem atacante de 23 anos não marcasse a vaga seria da Adap de Campo Mourão.
 Reportagem de JB Miotto

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.