A superação tem nome : Lucas Prado



Lucas Prado
Lucas Prado perdeu 90% de sua visão em 2002 
após um deslocamento de retina. Antes de chegar ao 
atletismo, o velocista tentou a sorte no futebol de 5 e 
no goalball, mas se achou mesmo nas pistas em 2006. 
Dois anos depois, em Pequim-2008, Lucas fez história 
ao conquistar uma impressionante trinca de ouros nos 
100m, 200m e 400m,
 tornando-se o cego mais rápido do mundo. 
Em Londres-2012, Lucas tentou defender os títulos, 
mas chegou à competição lesionado e bateu na trave duas 
vezes. 
Ficou com a medalha de prata nos 100m e nos 400m. 
Nos 200m, ficou em quarto lugar em uma prova 
disputadíssima vencida pelo compatriota Felipe Gomes.
Brasil 2016

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"