Pular para o conteúdo principal

Você sabia "?" Médico Neurologista de Cianorte foi atleta do CRB/Al


Na última terça dia 13/04 tive a grata oportunidade de rever meu amigo Walter Assunção de Araujo médico neurologista . Alagoano de Maceió se formou em medicina no ano de 1975 e vive e trabalha em Cianorte  no Paraná desde 1979. Sorridente e jovial Walter me surpreendeu ao informar me de que foi atleta do CRB/Maceió - Clube de Regatas Brasil, mais conhecido como CRB, um clube poliesportivo brasileiro da cidade de Maceió, Alagoas, fundado em 20 de setembro de 1912. 
Nossa conversa seguiu voltada para o "mundo futebolístico" , Walter na ocasião salientou que Maceió é a cidade onde o ex treinador e atleta Zagallo nasceu. Walter disse ainda que Zagallo atuando como ponta-esquerda, conquistou títulos de campeão carioca e foi convocado para a seleção brasileira, que disputaria a Copa do Mundo de 1958 na Suécia. Era o armador pela esquerda, o desafogo da defesa, o idealizador do contra ataque, o ajudante no lateral, o formiguinha do time campeão do mundo. 
Como jogador, em clubes, iniciou sua carreira nos aspirantes do América carioca, onde chegou a conquistar o Torneio Início em 1949; transferiu-se, e foi posteriormente tricampeão carioca pelo Flamengo, bicampeão carioca pelo Botafogo, clube onde também veio a conquistar a Taça Brasil, e outros títulos, além de bicampeão mundial pela seleção brasileira. No Botafogo participou da fase áurea do time, jogando ao lado de astros como Garrincha, Didi e Nilton Santos.

 Campeão da Copa de 1970 no México como treinador , Zagalo ainda esteve na Copa de 1974 na condição de treinador , na conquista da Copa de 1994 , Zagallo era o auxíliar do treinador Parreira - e em 1998 Zagallo foi o treinador da Seleção brasileira que acabou perdendo a final para a França em Paris.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.