Pular para o conteúdo principal

Seleções conhecem adversários na fase de grupos


Estão definidos os grupos do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em sorteio realizado na manhã desta quinta-feira (14), as Seleções Feminina e Masculina do Brasil conheceram seu caminho na busca pelo ouro. As chaves foram definidas durante evento no Estádio Maracanã. Quem conheceu primeiro os seus adversários foi a Seleção Feminina. 

No Grupo E da competição, o Brasil enfrentará China, Suécia e África do Sul. A estreia, contra as chinesas, será no dia 3 de agosto, às 16h, no Estádio João Havelange. Em seguida, contra as suecas, a partida será às 22h do dia 6 de agosto, no mesmo palco. O time do técnico Vadão fecha a participação da primeira fase em Manaus, no dia 9, contra a África do Sul. Já a Seleção Masculina, que ficou no Grupo A, terá pela frente Iraque, África do Sul e Dinamarca na primeira fase. 

O primeiro confronto, contra os africanos, será no dia 4 de agosto, em Brasília, às 16h. Na segunda rodada, no dia 7, novamente no Estádio Mané Garrincha, o confronto será às 22h contra os iraquianos. Para fechar, os dinamarqueses, em Salvador, às 22h do dia 10.

Créditos: CBF
Créditos: CBF

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.