Pular para o conteúdo principal

Santos aponta superávit inédito de R$ 53 milhões no primeiro trimestre


Resultado de imagem para SANTOS FC

O Santos divulgou uma nota em seu site oficial afirmando que o clube alcançou um superávit histórico no primeiro trimestre de 2016. Segundo a publicação, o feito foi alcançado devido à ações administrativas tomadas pela diretoria, que renderam ao Peixe um lucro de R$ 53 milhões de reais.
Entre as medidas adotadas pelo atual presidente Modesto Roma, o clube aponta: “melhora na gestão dos recursos, redução de despesas e incremento das receitas oriundas de patrocínios, dos sócios, com jogos e venda de material esportivo de forma diferenciada a que vinha ocorrendo até 2015”.
Tendo passado por momentos de crise no ano passado, o alívio nas finanças possibilita para o Alvinegro a manutenção da qualidade do elenco, além da aplicação de mais investimento na formação e na descoberta de novos atletas.
Através da nota, o Santos também projeta momentos de estabilidade nas contas.
“A expectativa é a de que agora o Santos FC consolide uma política administrativa que ofereça estabilidade e permita sanear seu passivo financeiro em médio e longo prazos, recuperando capacidade de investimento e aumento de patrimônio, consolidando uma filosofia de trabalho realista de fair play financeiro”.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.