Pular para o conteúdo principal

Modesto Roma corre risco de sofrer impeachment no Santos; entenda




Um dos assuntos principais no Brasil é em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, porém, de acordo com informações do jornalista Jorge Nicola, da Bradesco Esportes FM, o presidente do Santos, Modesto Roma Jr, corre risco de impeachment.
Nesta quarta-feira (27), às 20h (horário de Brasília), o Conselho Deliberativo do Peixe se reúne em uma sessão extraordinária na Vila Belmiro para votar a aprovação ou não do demonstrativo financeiro do clube referente ao ano passado (2015).
Na última quarta-feira (20), o Conselho Fiscal do Santos enviou aos conselheiros os pareceres com os demonstrativos contábeis, além de um relatório realizado pela empresaMacso Legate. O Conselho do clube sugere que as contas do primeiro ano do mandatário alvinegro sejam reprovadas.
Caso as contas sejam reprovadas, o presidente santista, Modesto Roma Jr e seu vice, César Conforti, correm o risco de sofrerem impeachment, de acordo com o Artigo 68 do Estatuto Social do clube
Impedimento do Presidente e Vice-Presidente do Comitê de Gestão Artigo 68 - São motivos para pedir o impedimento do Presidente e do Vice- Presidente do Comitê de Gestão do SANTOS: (a) ter ele sido condenado judicialmente por crime doloso ou hediondo ou por ato que o desabone e o torne inidôneo para pertencer ao quadro social; (b) ter ele acarretado, por ação ou omissão, prejuízo considerável ao patrimônio ou à imagem do SANTOS; (c) não terem sido aprovadas as contas da sua gestão; e/ou (d) ter ele infringido, por ação ou omissão, expressa ordem estatutária.
Recentemente o ex-presidente, Odilio Rodriguez, foi expulso do Conselho Deliberativo após o Conselho votar e justificar a expulsão como lesão patrimonial ao clube.
ORDEM DO DIA
a) Leitura, discussão e votação da ata da reunião anterior;
b) Apreciação, discussão e votação do Demonstrativo Financeiro auditado do exercício de 2015, enviado pela Presidência do Clube, com parecer do Conselho Fiscal;
Santos, 20 de abril de 2016.
Fernando Gallotti Bonavides Presidente
Notas: Nota 1: O parecer do Conselho Fiscal está à disposição dos Senhores Conselheiros na Secretaria do Conselho, no horário de expediente (das 9h00 às 18h00).
Nota 2: Conforme artigo 79 parágrafo primeiro do Regimento Interno – Só podem participar das reuniões e dos respectivos debates os membros do Conselho Deliberativo.
Nota 3: Livro de Presença: encerramento às 21:00 horas.
Torcedores.comResultado de imagem para msn logo

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.