Pular para o conteúdo principal

Jorge Nicola Amigos duvidam que Tite aceite convite da seleção brasileira


Treinador ganhou praticamente tudo à frente do Corinthians (Ag. Corinthians)
Nome preferido de milhões de brasileiros para dirigir a seleção brasileira, Tite dificilmente dirá “sim” a um convite da CBF para assumir o lugar de Dunga. Pelo menos essa é a  impressão de amigos do corintiano, a partir de conversas recentes com ele. 
“Se o convite for simplesmente para substituir o Dunga, como que para apagar o incêndio, duvido que o Tite aceite”, avalia um integrante da comissão técnica do Alvinegro. 
“Precisaria ser um projeto consistente, com uma condição diferente. A começar pela estrutura da CBF, que hoje nem conta com um presidente definido”, avalia outro amigo de Tite, citando o Coronel Nunes, que assumiu a presidência da CBF após a renúncia de Marco Polo Del Nero.
Existe outro ponto para ele recusar um eventual convite da CBF: Tite não esconde das pessoas mais próximas que ficou extremamente chateado por não ter sido nem sequer consultado depois da saída de Felipão, em 2014 — na oportunidade, ele também era o preferido da opinião pública, mas Del Nero e José Maria Marin optaram pela contratação de Dunga.
Telefone mudo:
Apesar do sucesso com o Corinthians no Brasileirão passado, Tite não recebeu qualquer oferta do exterior na janela de transferências de janeiro. Nem da China, que levou quatro jogadores pentacampeões.
Jorge NicolaResultado de imagem para yahoo esportes
Sem talento para virar jogador, entrei no futebol pelo jornalismo e, desde 2000,  esteve em duas Copas, um Mundial Interclubes e sete finais de Libertadores. Ainda cobriu todos os grandes times paulistas até 2011, quando passeiu a escrever uma coluna sobre bastidores no Diário de S. Paulo. Já a estreia na internet ocorreu 2013. Após oito milhões de acessos no IG, fui contratado pelo Yahoo em outubro passado.

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco