Pular para o conteúdo principal

Futsal : o desafio de formar novos atletas


A formação de atletas é um desafio , e a cada momento o desafio pode se transformar numa realização , assim é com Denilson Cunha treinador de futsal em Cianorte Pr.

Lembro de um artigo publicado pelo extinto jornal “Última Hora” que noticiava um passo importante na consolidação do futebol de salão no Rio de Janeiro. Naquela data, os salonistas cariocas se reuniram para fundar a Federação Metropolitana da categoria. De acordo com o periódico, a cidade já contava com diversas equipes interessadas na criação da entidade esportiva e elas foram prontamente convocadas pelos organizadores para comparecer à Av. Augusto Severo, nº 60, na Glória, local escolhido para a reunião. 
O mesmo jornal foi o responsável por patrocinar o primeiro torneio oficial da Federação Metropolitana, vencido pelo Braz de Pina Country Club Das 43 equipes filiadas, 38 estiveram na disputa.Atualmente, o cenário do salão carioca é bem diferente. 

Os tempos áureos ficaram para trás. Seja no Rio ou em qualquer parte do Brasil o desafio de formar novos quadros para o futsal requer empenho total e muita dedicação ao esporte como ocorre com Denilson Cunha em Cianorte , ele foi o primeiro treinador do time masculino do C.A.F.E Futsal  , depois dedicou se na formação de atletas num projeto do Colégio C.E.C , e depois se consagrou como treinador do time feminino do C.A.F.E Futsal  ,notabilizando se como referência no estado do Paraná e no Brasil , com conquistas históricas.
Colaborou : Eleuterio Langowski

 por Magno Moreira em 26/04/16

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.