Pular para o conteúdo principal

Copa Bridgestone Libertadores: Grêmio vence Liga de Quito 3-2 e avança às oitavas


O Grêmio  venceu por 3-2 (2-0) o Liga de Quito nesta quarta-feira na capital equatoriana, pela quinta jornada do Grupo 6 da Copa Libertadores da América 2016, e se classificou para as oitavas-de-final como segundo colocado da chave.
Os tantos tricolores chegaram através das chuteiras de Douglas (12 minutos), Bobó (25) e Walace (51), enquanto as anotações albas foram autoria de José Quintero (46) e José Cevallos (76).
Liga foi eliminado da Libertadores atrás do também eliminado San Lorenzo da Argentina (com 3 e -3).
O mexicano Toluca, que havia carimbado o passaporte com antecedência, ganhou por 2-1 do San Lorenzo na terça-feira, pela quinta jornada e assegurou a liderança do Grupo 6, com 13 pontos garantidos até agora, escoltado pelo Grêmio (8).
Na sexta e última jornada, San Lorenzo recebe Liga de Quito, enquanto Grêmio joga em casa contra o Toluca, em cotejos agendados para 19 de abril.


- See more at: http://www.conmebol.com/pt-br/copa-bridgestone-libertadores-gremio-vence-liga-de-quito-3-2-e-avanca-oitavas#sthash.fV2Y65qV.dpuf
Início

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.