Com vitória fácil contra o PSTC, Coritiba tem caminho aberto para a final


O Coritiba conseguiu superar seu carrasco e encaminhou com tranquilidade a classificação para a decisão do Paranaense ao derrotar o PSTC por 3 a 0, neste domingo (17), em Cornélio Procópio. Com o resultado, o Coxa pode até perder por dois gols de diferença no Couto Pereira que garante a vaga na final –a partida será no sábado (23), às 16 horas. 

 Se antes do jogo o PSTC era considerado um algoz alviverde – entre os semifinalistas, foi o único que venceu o Coxa na primeira fase –, em campo o caçula da fase final até tentou incomodar, mas não conteve o poder de finalização Alviverde. Atlético sai na frente do Paraná na briga por vaga na finalVeja como foi a partida lance a lance Apesar da ampla vantagem construída, os atletas coxas-brancas tentam conter a euforia, lembrando do poder de reação do PSTC contra o J. Malucelli – nas quartas de final, também foi derrotado por 3 a 0 na ida e reverteu a vantagem em Curitiba. 

“O placar nos dá tranquilidade no jogo de volta, mas temos que ter atenção para não sofrer o revés”, alertou o atacante Leandro. “Demos um bom passo [para a classificação], mas temos mais um jogo para alcançar o objetivo de chegar à decisão”, completou o capitão Ceará. 

 O placar foi construído na base da paciência, com o Coritiba sabendo conter a euforia inicial do PSTC, que quase surpreendeu na boa conclusão de Índio, obrigando o goleiro Elisson a fazer grande defesa aos 9/1.º. Aos poucos, o Coxa se encontrou em campo e teve em Juan o ponto de desequilíbrio para a vitória, participando das jogadas dos três gols. 

Primeiro cobrou o escanteio para Luccas Claro, de cabeça, abrir o placar aos 42/1.º. Depois cobrou a falta que Thiago Lopes, após a falha do goleiro Lucas, ampliou, aos 33/2.º. E por fim, passou da marcação e marcou um belo gol, fechando o placar, aos 42/2.º. “Trabalhamos muito para neste momento decisivo estarmos bem. O time foi bem e fomos merecedores”, resumiu o destaque do jogo. A atuação de Juan rendeu elogios do técnico Gilson Kleina. “É um jogador importante e que está num momento especial, espero que mantenha esse nível por muito tempo porque precisamos dele”, disse . 

Resultado de imagem para gazeta do povo

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"