Pular para o conteúdo principal

Astorga,inaugura nova unidade da Escola Furacão



O projeto da Escola Furacão inaugurou mais uma sede no Norte do Paraná. A cidade de Astorga, localizada a 400 quilômetros de Curitiba, agora conta com os métodos de ensino do Atlético Paranaense. A unidade está instalada na Rua Camilo Ramalho Matta. 


 Para o diretor do Departamento de Esportes e Lazer de Astorga, Marcelo Candalaft, o projeto será benéfico para os jovens da cidade e os profissionais que participarão do trabalho. “É importante, pois poderemos capacitar os nossos profissionais e dar oportunidades aos nossos atletas e alunos para conhecer mais sobre o trabalho do Atlético Paranaense”, destacou.

 No Paraná, a Escola Furacão atingiu a marca de 62 sedes instaladas. As unidades do Atlético Paranaense também estão presentes em Goiás, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Distrito Federal, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro.


  Escola Furacão de Astorga 
Endereço: Rua Camilo Ramalho Matta, s°/n Telefone: (44) 9940-1777 
 E-mail: marcelo.kalunga@hotmail.com Site: www.astorga.pr.gov.br
Resultado de imagem para cap atletico

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.