Pular para o conteúdo principal

0X0 Copa Bridgestone Libertadores: Racing e Atlético Mineiro empatam sem gols


O argentino Racing Club e o brasileiro Atlético Mineiro empataram 0-0 no jogo de ida pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América 2016 disputado nesta quarta-feira, em Avellaneda (Buenos Aires, periferia sul). 

 O desquite será disputado no dia 4 de maio, em Belo Horizonte, e o vencedor desta chave vai enfrentar nas quartas-de-final o vencedor do jogo entre o brasileiro São Paulo e o Toluca do México. 
  
                                          Ficha técnica: 
Copa Libertadores de América 2016 – Oitavas de final - Partida de ida Racing – 

                     Atlético Mineiro 0 – 0 
 Estádio: Presidente Perón (Avellaneda, periferia sul). 
 Espectadores: 28.000 Terreno: Aceitável. 
Clima: Frio (10 graus). 
 Árbitro: Julio Quintana. Linhas: Eduardo Cardozo e Roberto Cañete (trio do Paraguai). Admoestados: Racing: Acuña (25) Mineiro: Leo Silva (7), Rafael Carioca (24), Junior Urso (72) 


Formações: 

 Racing: Sebastián Saja - Iván Pillud, Sergio Vittor, Nicolás Sánchez, Leandro Grimi (Gastón Díaz, 75) - Ricardo Noir (Roger Martínez, 62), Ezequiel Videla, Luciano Aued, Marcos Acuña - Oscar Romero - Lisandro López. DT: Facundo Sava. 

 Atlético Mineiro: Víctor - Marcos Rocha, Leo Silva, Frickson Erazo, Douglas Santos - Rafael Carioca, Leandro Donizete, Junior Urso, Jesús Dátolo (Cleyton, 70) – Robinho (Juan Cazares, 81) e Lucas Pratto. DT: Diego Aguirre.
Início

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.