Zidane diz que Dunga 'mentiu' para não convocar Marcelo




O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, classificou como "mentira" a alegação de Dunga para não convocar o lateral Marcelo para os duelos da seleção brasileira com Uruguai e Paraguai, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, e negou que a equipe médica do clube espanhol foi consultada pela CBF para saber se poderia incluir o jogador na lista.
Dunga havia explicado no último dia 3, na entrevista coletiva em que anunciou os convocados, que Marcelo ficou de fora após uma consulta feita pela comissão médica da seleção à do Real.
"O médico da seleção conversou com o médico do Real Madrid. Marcelo está machucado, vem de uma série de lesões constantes (referindo-se às que o lateral sofreu no ombro direito e na panturrilha esquerda, em fevereiro). Achamos melhor ele ficar no seu clube, se recuperar, para no futuro voltar", justificou-se na ocasião.
Ao comentar neste sábado a declaração de Dunga, Zidane desmentiu com contundência que alguém do clube tenha sido perguntado sobre o estado de seu comandado.
"Cada treinador gosta de um ou outro jogador. Convocar ou não é algo que não vou debater, o que posso dizer é que nunca alguém falou com as pessoas daqui sobre o tema Marcelo. Isso é mentira", disparou.
O técnico francês confirmou que o jogador, que esteve em campo contra Celta de Vigo (pelo Campeonato Espanhol) e Roma (Uefa Champions League) após a convocação do Brasil, está em boas condições. "Marcelo está muito bem fisicamente, está preparado para jogar no Real Madrid, como é claríssimo, e jogar por seu país". 

Postagens mais visitadas deste blog

UOL :Caçula da Rio-2016 treina por SMS, supera maiô rasgado e vence prova

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota