Yahoo : Dinheiro do Corinthians para pagar sua arena acaba neste mês

Estádio corintiano teve um custo total de R$ 1,1 bilhão 
As ameaças de torcedores organizados não foram a única preocupação dos conselheiros do Corinthians que estiveram na reunião de segunda-feira. No encontro, o ex-presidente Andrés Sanchez e o diretor financeiro Emerson Piovesan deixaram claro que o dinheiro do fundo criado para pagar a arena acabará em março. 
“Se não vendermos os naming rights nos próximos dias, teremos um ‘default’ em abril”, afirmou Piovesan, querendo dizer que não haverá recurso para honrar com a prestação mensal, de quase R$ 5,7 milhões.
De maio de 2014 a junho de 2015, o Corinthians teve oportunidade de juntar mais de R$ 40 milhões. O financiamento começou a ser pago em julho e o dinheiro está perto de acabar, porque uma série de receitas imaginadas no lançamento do estádio não se confirmaram.
Apenas 16 dos 89 camarotes estão alugados. O clube também só conseguiu negociar 1.500 das oito mil cativas disponíveis. A venda dos CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento) não ultrapassou 7% do montante disponível.
Na reunião, Andrés prometeu para os próximos dias o acerto com um fundo financeiro internacional pela compra do nome da arena, o que deverá injetar R$ 20 milhões nos cofres já nesta temporada.
Custo pesado:Nas contas do financeiro do Corinthians, a arena tem um gasto mensal de R$ 2,7 milhões. O valor inclui luz, água, funcionários, manutenção…
Carência maior:
Além da venda dos naming rights, o Timão trabalha em outra frente contra a falta de dinheiro:  a negociação de um prazo maior de carência para pagar o financiamento. “Todos os estádios da Copa tiveram três anos. Nós, não”, lamenta o conselheiro Antônio Goulart.
Sem gratuidade:
Cerca de 70 membros da Gaviões da Fiel protestaram durante toda a reunião corintiana. E uma das reivindicações foi atendida: em breve, os conselheiros alvinegros terão de pagar pelo ingresso nos jogos do time como mandante.

Jorge Nicola

Resultado de imagem para yahoo esportesJorge Nicola

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"