Pular para o conteúdo principal

Prudentópolis vence o Grêmio Maringá e assume a liderança da Segunda Divisão


Neste final de semana aconteceu a terceira rodada do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão e o Prundentópolis, com a vitória sobre o Grêmio Maringá, assumiu a liderança da competição. Jogando no Willie Davids, o Prude venceu por 2 a 0 o Grêmio Maringá, chegando à primeira colocação, com 7 pontos.

 Já o time de Maringá caiu para a quarta posição, com 4 pontos conquistados. Em Campo Largo, o Andraus venceu o Cambé por 1 a 0. Com o resultado, a equipe é a quinta colocada, com 4 pontos, enquanto o Cambé é o sexto, com 3 pontos. Em Londrina, o Apucarana Sports recebeu o Paranavaí e as equipes ficaram no empate em 1 a 1. O Paranavaí é o terceiro colocado, com 4 pontos, enquanto o Apucarana Sports é o lanterna, com 1 ponto conquistado. 

 Fechando a rodada, o Cascavel CR recebeu a Portuguesa Londrinense e acabou derrotado por 2 a 1. A Portuguesa é a sétima colocada, com 3 pontos e o Cascavel vem logo atrás, na oitava posição, com a mesma pontuação. 

  Foto: Site Oficial do Prudentópolis 

                                                             Fonte: Assessoria de Imprensa
Resultado de imagem para federação paranaense de futebol

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.