Pular para o conteúdo principal

Nike cancela lançamento de nova camisa da seleção no Rio por medo de protestos


Photo
RIO DE JANEIRO (Reuters) - A fabricante de materiais esportivos Nike cancelou evento no Rio de Janeiro nesta quinta-feira para o lançamento da nova camisa da seleção brasileira por temor de que protestos pela nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil pudessem atrapalhar o evento.
Manifestações foram realizadas em diferentes cidades do país na quarta-feira, com milhares de pessoas indo às ruas para protestar contra o governo da presidente Dilma Rousseff e a nomeação de Lula, que é alvo de investigação da operação Lava Jato.
"Não sabemos como o Rio vai estar hoje. Foi uma medida preventiva porque teríamos muita imprensa e atletas em um lugar aberto", disse um assessor da Nike à Reuters por telefone.
Segundo ele, a decisão não foi influenciada pelo fato de os manifestantes muitas vezes usarem a camisa da seleção, feita pela Nike, durante protestos. Um evento em Nova York de lançamento da nova camisa seguirá como planejado.
Até o meio-dia não houve manifestações de tamanhos consideráveis no Rio de Janeiro.
                                  (Reportagem de Stephen Eisenhammer)
Reuters Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.