Londrina goleia líder, garante classificação e aguarda STJD

O Londrina não tomou conhecimento do até então líder do Campeonato Paranaense e fez 4 a 0 no J. Malucelli com facilidade na tarde deste domingo (27). Válida pela 11ª e derradeira rodada da 1ª fase da competição, a partida foi disputada no Vitorino Gonçalves Dias (VGD), que recebeu 2.425 torcedores.

Agora, o Tubarão aguarda decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para saber sua posição final. Se for mantida a punição imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR), o Tuba fica em 5º e encara o Atlético-PR (4º). Caso os seis pontos voltem, o LEC vira líder isolado e enfrenta o Foz do Iguaçu.

Até o momento, os cruzamentos da 2ª fase são os seguintes: Paraná (1º) x Foz do Iguaçu (8º), J. Malucelli (2º) x PSTC (7º), Coritiba (3º) x Toledo (6º) e Atlético (4º) x Londrina (5º). O Cascavel terminou em nono e o Rio Branco ficou em décimo. Lanternas, Operário e Maringá foram rebaixados, com 11 e 9 pontos respectivamente.

O capitão Germano exaltou a vitória e disse que o time está evoluindo na hora que importa. "Estamos melhorando a cada rodada, nós fizemos um belo jogo, as coisas aconteceram e o resultado foi esse. Agora é continuar na pegada e com empenho. Vamos manter o foco para manter um bom rendimento, agora o campeonato vai afunilando", disse.

O atacante Bruno Batata - que não marca um gol há quase dois meses, mas mesmo assim foi aplaudido pela torcida neste domingo - afirmou não se incomodar com a indefinição do adversário. "Se não dá para marcar, a gente ajuda com assistência, se doando ao máximo. A gente buscava confirmar a classificação hoje para entrar forte no mata-mata, que agora é outro campeonato. Vamos ver se vai ser mesmo contra o Atlético ou contra o Foz, mas a gente tem tudo para fazer um grande campeonato", acredita.



O jogo

O Londrina começou a partida muito bem, criando várias oportunidades em jogadas entre Rafael Gava, Zé Rafael e Paulinho Moccelin. O Jotinha só se defendia e não levada perigo ao gol de Marcelo Rangel. Aos 24 minutos, Paulinho Moccelin foi derrubado no bico direito da grande área. Rafael Gava fingiu que ia colocar a bola na área e mandou para as redes de Fabrício. Três minutos depois, Bruno Batata fintou três marcadores, entrou na área e cruzou. Zé Rafael fechou no segundo pau e mandou para o gol de carrinho.

Depois dos gols, o Londrina passou a administrar a partida e o Jotinha até chegou mais ao campo de ataque, mas Marcelo Rangel não precisou trabalhar muito.

Na segunda etapa, o Tubarão voltou a campo diminuindo o ritmo e aguardando mais o time da capital, que atacava. Aos 22, Marcelo Rangel fez duas grandes defesas em sequência para segurar o 2x0 no placar. O susto parece ter acordado o Tubarão, que aos 33 chegou ao terceiro gol após bela jogada entre os pratas da casa Wellison e Júlio Pacato, que empurrou para as redes após o atacante ir à linha de fundo.

Wellison faria o dele cinco minutos depois, em belo chute de perna esquerda, que é a sua melhor. O atacante anotou o segundo gol dele no Campeonato Paranaense e deu números finais à partida.
                                          Auber Silva - Redação Bonde
FolhaWeb

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"