Pular para o conteúdo principal

Keirrison quer estrear no Campeonato Paranaense


O atacante Keirrison garantiu ontem em sua apresentação no Londrina que está bem fisicamente e que pretende atuar já no Campeonato Paranaense. O atleta realiza hoje os últimos exames médicos e já começa a treinar com os novos companheiros. K9 chegou no final da manhã de ontem e foi recepcionado por um grupo de torcedores no Aeroporto José Richa. À tarde, foi apresentado oficialmente no CT da SM Sports. "Fisicamente estou bem. 

Desde dezembro contratei uma equipe de profissionais e vinha treinando normalmente a questão física, reforço muscular e fisioterapia. Este período foi muito importante para mim", apontou o novo reforço alviceleste. "Chego da melhor maneira possível e não vejo a hora de jogar e treinar." As inscrições para novos jogadores no Paranaense se encerram na sexta-feira e o Londrina garante que o centroavante estará regularizado. Keirrison chega com a meta de apagar a temporada ruim de 2015. No ano passado, o atleta fez apenas cinco partidas e não marcou gols. Em dezembro, rescindiu seu contrato com o Coritiba e não atuou mais. "Encaro como uma nova etapa na minha carreira.

 Depois dos problemas pessoais que tivemos havia decidido com a minha família que iríamos sair de Curitiba. Surgiu o convite do Londrina e ficamos felizes pelo projeto e planejamento do clube", afirmou o K9, que em novembro do ano passado perdeu o filho de dois anos. Com propostas do futebol da Tailândia, do Paraná e do Criciúma, o centroavante fez muitos elogios ao Londrina e ressaltou a estrutura do clube e as conquistas dos últimos anos. "A instituição tem um bom modelo de trabalho, seriedade. O Londrina vem de acessos no Brasileiro e títulos e isso mostra que existe uma organização e um planejamento. E todo jogador busca isso". 

 Keirrison é a grande contratação do LEC para a temporada e com uma carreira com passagem por clubes como Coritiba, Santos, Palmeiras, Cruzeiro e Barcelona o atacante se diz consciente da responsabilidade e da cobrança que terá em Londrina. "Eu sempre tive responsabilidade. Desde a base e pelo que construí em campo isso é natural. Não farei nada sozinho, não vou ganhar nada sozinho. Amo jogar futebol e espero desfrutar deste momento aqui no Londrina", ressaltou o centroavante, que usou a camisa 10 na sua apresentação. 

 O contrato de Keirrison com o alviceleste é até 30 de novembro e possui uma cláusula automática de renovação até dezembro de 2017. "Uma parte do salário será por produtividade. Por número de jogos, gols marcados e artilharia das competições", garantiu o gestor do LEC, Sérgio Malucelli. Ao longo da carreira, K9 sofreu com muitas lesões, sobretudo no joelhos. Porém, os exames preliminares realizados pelo clube apontaram que o atleta não tem nenhum problema.
FolhaWeb

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"

Sempre publico nesse espaço matérias sobre a carreira do goleiro Danilo da Chapecoense , que considero o melhor goleiro do futebol brasileiro , formado e revelado pelo Cianorte FC time de sua cidade natal , tem como ponto alto um caráter diferenciado herdado dos pais , meus amigos Nilson e Ilaídes(foto). O  filho Danilo , também é filho de Cianorte e tem um respeito enorme do torcedor paranaense , tanto  é que enquanto atuou no Londrina E.C  recebeu o apelido de PAREDÃO  do torcedor londrinense devido as atuações brilhantes na meta do LEC .

Atuou também pelo Cianorte FC , Nacional de Rolândia , Engenheiro Beltrão e Operário Ferroviário de Ponta Grossa atual campeão Paranaense de Futebol. ( clubes do interior do Paraná)

Marcos Danilo Padilha Nascimento: 31 de julho de 1985 (29 anos), Cianorte, Paraná Altura: 1,85 m Peso: 80 kg Início de carreira: 2004 Time atualAssociação Chapecoense de Futebol (#1 / Goleiro)

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.