Pular para o conteúdo principal

Kaká afirma que ainda pode ajudar muito a Seleção

Mesmo aos 33 anos, Kaká acredita ser peça importante na seleção brasilera. Após disputar três Copas do Mundo e vestir a amarelinha 91 vezes, e em entrevista à emissora britânica Sky Sports, o meia disse ver futuro na equipe canarinho. "Quando jogo pelo Brasil, é fantástico, mas agora estou em um momento diferente da minha carreira. Falei com Dunga, e lhe disse que se ele acreditar que posso ajudar o time, eu gostaria de ser chamado. Nós dois devemos ser sinceros", declarou Kaká. "Se for bom para mim, então perfeito, mas se não for eu direi sem problema algum. 

Aí seria o momento de deixar a seleção. Por enquanto, acho que posso ajudar muito", completou. Convocado para quatro jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo na Rússia, o melhor do mundo em 2007 entrou em campo em apenas uma partida - participou 15 minutos na vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela, em 13 de outubro.

 O atleta, que atualmente veste a camisa do Orlando City, time da liga americana, espera que o clube se classifique para os playoffs na próxima temporada - o Orlando não chegou na fase mata-mata da competição Sobre atuar nos Estados Unidos, o meio-campista afirmou que consultou o ex-jogador do Los Angeles Galaxy, David Beckham, antes de tomar a decisão. 

Os dois atuaram juntos no Milan em 2009. "Foi uma grande decisão. Falei com alguns jogadores importantes que tinham jogado lá, mas minha pergunta para Beckham foi: 'Qual é a maior diferença que você encontrou quando chegou à MLS?. Ele me disse que o nível do futebol era o mais complicado. Quando você se acostuma a disputar a Liga dos Campeões, o nível é impressionante. Ele me falou que isso era o mais difícil quando se chega à MLS", revelou. 
Resultado de imagem para band

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

Herói da Inter, Éder Paulista poderia ter sido herói no Cianorte FC

Eder Paulista , atacante com passagem pelo Cianorte FC , onde pouco fez por não ter a oportunidade merecida , oportunidade que teve na Inter de Limeira quando no dia 14 de maio , a emoção tomou conta dos mais de 8 mil presentes no Limeirão assim que o árbitro Thiago Duarte Peixoto apitou o fim da vitória da Inter de Limeira por 2 a 1 sobre o Monte Azul. 

O tão sonhado acesso à Série A2 estava consumado. Graças a alguém que por muito pouco não esteve ali. Herói do Leão com os dois gols da virada no jogo decisivo, o atacante Éder Paulista teve a participação ameaçada na competição ao sofrer uma grave lesão logo no início da campanha. 

Por tudo o que passou, era um dos mais eufóricos, a ponto de até esquecer como foram seus gols. - Só Deus sabe o que eu passei. Os médicos falavam que eu só voltaria depois de três meses. Mas eu falei que iria me recuperar rapidamente e decidir para a equipe. 

A emoção está muito grande, não sei nem dizer como foram os gols.