Pular para o conteúdo principal

Goleiros do Cianorte trabalham duro no dia a dia

Goleiros do Cianorte trabalham duro no dia a dia
Desde que chegou ao Cianorte FC, há cerca de seis anos, o preparador de goleiros Santos Pretestato, o “Prê”, vem desempenhando um excelente trabalho com os arqueiros do Leão do Vale. 

O clube sempre teve a fama de contar com bons goleiros em seu plantel e Santos Pretestato é um dos responsáveis por este sucesso. A experiência do profissional faz com que os atletas do Leão demonstrem muita tranquilidade durante os treinamentos.
 

Atualmente, o Leão conta com três goleiros no seu plantel: João Gabriel, Jaílson e Matheus Faganello. O objetivo de Santos Pretestato é deixar todos os goleiros no mesmo padrão. Todos treinam firme para ajudar o time de Paulo Turra quando acionados. Além dos treinamentos com o restante do elenco, os goleiros cianortenses também trabalham os fundamentos específicos da posição.

Reza a lenda que, onde o goleiro joga, não nasce nem grama. A vida de goleiro é mesmo difícil. Muitas vezes podem ir do céu ao inferno numa só partida. São os primeiros a chegarem e os últimos a saírem.Todo suor e empenho tem só um objetivo: ajudar o Cianorte Futebol Clube.
Fonte: 
Martins Neto/Assessoria de imprensa

Postagens mais visitadas deste blog

Brasileirão Série A - Confira os jogos de hoje e amanhã

Brasileirão Série A - Confira os jogos em andamento

O time do Alto da Bica - A foto que virou saudade

O time do Alto da Bica surgiu, consultando minha memória, ali pelos anos 90 e pouco, coincidindo com o início da era Parmalat. Isso talvez explique os meninos - que acompanham os craques - tão bem vestidos. A sede fica na margem da rodovia Cianorte – São Tomé, logo após o ribeirão São Tomé, num trecho conhecido como Bica, por isso o nome: Alto da Bica.

Frequentado por cianortenses ilustres congrega em sua maioria os palmeirenses - também consultando minha memória, e o Avanti -. Nesta foto, em 98, vemos o elenco pronto para mais uma vitória; vou fazer a escalação e pedir mil perdões se errar o nome de alguém, pois embora conhecendo pela fisionomia posso me confundir na denominação. De pé, da esquerda para a direita: Miguel Deneka, Flávio Vieira, Cometa, Gaúcho, Jácomo e Zezé; agachados, na mesma ordem: Antônio Rogério, Maurício, Nilo, Deíca e Spagola...

Por Marco Antônio de Paula Franco