Bolzan mostra irritação com lance que ocasionou fratura de Bolaños: "Criminoso"



O presidente gremista Romildo Bolzan deu entrevista após o clássico Gre-Nal, que terminou empatado em 0 a 0, visivelmente irritado. Com um fato em especial: a lesão de Bolaños na mandíbula, que obrigou o equatoriano a ser encaminhado ao hospital no intervalo do clássico. — Esse lance nem sequer foi visto pelo árbitro, e depois, se examinarem, vocês vão ver o quão criminoso foi o lance. 

 A situação fez Bolzan retomar um assunto que foi bastante discutido às vésperas do Gre-Nal: a necessidade ou não de um árbitro de fora do Rio Grande do Sul. Para o presidente do Grêmio, seria importante trazer um árbitro de fora do Estado. — Por isso a gente questiona e quer árbitros de fora — disse, lembrando também um pênalti que deveria, em sua opinião, ter sido marcado em favor dos donos da casa. O fato de perder Bolaños por 30 dias levou o presidente também a fazer um apelo. 

Disse que o compromisso do torcedor se torna, a partir de agora, ainda maior. Mas lamentou: — (Bolaños é) Jogador essencial para a campanha do Grêmio. Qual foi a decisão do juiz em relação a esse lance? Nenhuma. É assim que se definem os jogos no Campeonato.

Fonte: Diário Gaúcho

Postagens mais visitadas deste blog

Com equipe completa, nado sincronizado iniciou treinamentos muito antes da Rio 2016

Seleção masculina de hóquei sobre grama sofre segunda derrota

Marcos Danilo Padilha - "Profissão - Goleiro"